Menu Papel POP

Filmes, séries e programas de TV afetados pelo novo coronavírus

A crise internacional provocada pelo novo coronavírus vem afetando diversas áreas do globo. Lançamentos de filmes, produções de séries e até premières têm sofrido o impacto do COVID-19. A Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a doença como pandemia, ou seja, uma doença infecciosa que afeta um grande número de pessoas espalhadas pelo mundo.

Como medida de segurança, as autoridades têm pedido que aglomerações sejam evitadas – medida que automaticamente impede a realização de sessões de cinema, shows e o funcionamento pleno da indústria. Nesta quinta-feira (12), por exemplo, “Um Lugar Silencioso – Parte II”, que chegaria aos cinemas no dia 19 de março, teve sua estreia adiada – a nova data de estreia ainda não foi divulgada.

John Krasinski, ator e diretor do longa, comentou a decisão em seu Instagram:

“Bem, devido às circunstâncias em constante alteração que ocorrem no mundo e ao nosso redor, agora claramente não é o momento certo para fazer isso. Estamos insanamente empolgados pra que vocês vejam este filme, mas vou esperar para lançá-lo até que todos possamos vê-lo juntos! Então, aqui está a data do nosso filme em grupo! Vejo vocês em breve!”

View this post on Instagram

AQuietPlacePart2…Take2

A post shared by John Krasinski (@johnkrasinski) on

O remake live-action de “Mulan“, que se passa na China (onde a doença surgiu e os cinemas estão fechados já há semanas) teve sua estreia adiada. O filme seria lançado em 26 de março e deve chegar no dia 24 de julho nos EUA. Nesta sexta-feira (13), a Disney anunciou que o longa deve demorar mais um tempo para chegar em diversos lugares do mundo, como o Brasil.

Em nota oficial, o escritório da Disney no Brasil disse:

“Como se sabe, diante dessa situação de rápida evolução da pandemia do coronavírus, informamos que estamos adiando no Brasil os lançamentos de Mulan, The New Mutants e Antlers por precaução. Nós realmente acreditamos na experiência cinematográfica e estamos buscando novas datas potenciais de lançamento para 2020, que serão anunciadas posteriormente.”

No mundo  Marvel, o filme “Viúva Negra” teve sua estreia adiada por conta da pandemia do COVID-19. O longa estrelado por Scarlett Johansson chegaria aos cinemas no dia 30 de abril, mas agora só será lançado no dia 06 de novembro nos EUA.

Outros filmes da Disney e Marvel ganharam novas datas para estreia nos Estados Unidos. “Os Eternos” deve chegar somente no ano que vem, em 12 de fevereiro de 2021. “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” foi para 7 de maio de 2021.

“Doutor Estranho no Multiverso da Loucura” deve estrear somente em 5 de novembro de 2021. “Thor: Love and Thunder” fica para 18 de fevereiro de 2022. “Pantera Negra 2” deve ser lançado no dia 8 de maio de 2022 e “Capitã Marvel 2” deve desembarcar nos cinemas no dia 8 de julho de 2022.

Outra grande produção que teve seu lançamento alterado foi “007 – Sem Tempo para Morrer”, que chegaria aos cinemas em abril, agora agendado somente para novembro deste ano. “Pedro Coelho 2: O Fugitivo“, animação dirigida por Will Gluck que estrearia em março, também teve a estreia postergada e será lançada somente em agosto.

Outro filme que sofreu impacto da doença foi “Velozes & Furiosos 9“, que seria lançado em maio deste ano. Por conta dos riscos ocasionados pelas aglomerações, o novo capítulo da franquia foi adiado em quase um ano, chegando às salas de cinema somente em abril de 2021!

Dentre as animações que sairiam este ano, “Minions 2: A Origem de Gru” teve sua estreia adiada. O filme chegaria aos cinemas em julho e não tem uma nova data. Os estúdios tiveram de ser fechados  e com isso não houve tempo para finalizar todos os detalhes do longa infantil.

“Scooby! O Filme”, que seria lançado no dia 14 de maio, também teve sua estreia adiada. O  estúdio ainda não revelou uma nova data, já que não há previsões para o fim da pandemia, por hora. Ainda da Warner Bros, “Malignant”, que sairia em agosto, também foi adiado e ainda não possui uma nova data.

Um dos maiores lançamentos da DC neste ano é “Mulher-Maravilha 1984”, sequência do filme lançado em 2017. O longa-metragem estrelado por Gal Gadot chegaria aos cinemas no dia 05 de junho. Por conta da crise de Covid-19, só iremos assistir ao filme em 14 de agosto.

Séries

Partindo para o mundo das séries, “Riverdale“, do canal The CW (e exibida pela Netflix no Brasil) teve as gravações adiadas após um membro da equipe ter tido contato com uma pessoa infectada. “The Morning Show“, série da Apple TV+ estrelada por Jennifer Aniston e Reese Witherspoon, também está com seus trabalhos paralisados.

Lucifer“, série da Netflix estrelada por Tom Ellis, deve demorar mais do que o programado para começar novas  gravações. “Dinastia“, também teve sua produção suspensa por hora. “Carnival Row“, série da Amazon com Orlando Bloom e Cara Delevingne, está paralisada.

A gravação da última temporada de “Grace and Frankie” também foi interrompida para “para garantir a segurança de nosso elenco e equipe”, como afirmou um comunicado à imprensa. As gravações de “NCIS,” “NCIS: Los Angeles” e “NCIS New Orleans” também estão paralisadas.

Televisão

Na TV o panorama não tem sido diferente. Os talk shows “The Wendy Williams Show”, “The Tonight Show Starring Jimmy Fallon”, “Late Night with Seth Meyers” e “America’s Got Talent”cancelaram a presença de telespectadores ao estúdio. Ou seja, nada de plateia.

No Brasil, a Rede Globo também tem buscado se prevenir. Por meio do Twitter, Boninho avisou que o próximo paredão do BBB20 não contará com a presença de familiares e amigos na já tradicional torcida.

Demais programas de auditório como Encontro com  Fátima Bernardes, Domingão do Faustão e Caldeirão do Hulk — também serão gravados sem a presença do público a partir do dia 15 de março.

Gravações

Longas que ainda estavam em fase de filmagens também foram afetados. O filme dirigido por Baz Lurhmann sobre Elvis Presley teve suas gravações suspensas. Tom Hanks, que participa do filme e deve interpretar o empresário do rei do rock, bem como sua esposa, Rita Wilson, foram diagnosticados com a doença.

Além disso, as filmagens de “Missão Impossível 7”, que ocorriam na Itália, foram adiadas devido ao surto da doença no país. O governo do país resolveu fechar suas fronteiras impedindo que cidadãos entrem ou saiam, aumentando os riscos de proliferação do vírus, que atingiu com rapidez as províncias do sul.

A Disney também decidiu paralisar algumas de suas produções que estavam em andamento. O remake live-action de “A Pequena Sereia” está com as gravações em pausa, assim como “Shang-Chi”, já que o diretor apresentou sintomas do COVID-19.

Dentro do streaming da empresa do rato, o Disney+, algumas produções também foram afetadas. As gravações de produtos da Marvel, como “WandaVision”, “Loki” e “O Falcão e O Soldado Invernal” estão com as filmagens paralisadas até que a epidemia seja controlada.

Projetos do Disney+ como “Nightmare Alley”, filme de Guillermo del Toro, o novo “Esqueceram de Mim”, “Querida, Encolhi as Crianças” e “Peter Pan & Wendy” também começarão suas produções após o planejado originalmente.

“The Last Duel”, longa com Ben Affleck e Matt Damon também teve as filmagens suspensas. “Birds of Paradise”, filme da Amazon sobre ballet, também será adiado. “Official Competition”, com Penelope Cruz e Antonio Banderas, teve as gravações em Madrid canceladas até segunda ordem. “The Nightingale”, drama com Dakota e Elle Fanning, teria cenas gravadas em Budapest mas a produção decidiu entrar em hiato.

Coronavírus na música

O impacto do vírus na indústria do entretenimento também se vê na música. Além dos festivais Coachella e SXSW, o Lollapalooza também deve ser adiado em virtude da doença, seguindo a tendência de artistas como Madonna, Tove Lo, Rage Against The Machine e Green Day que cancelaram datas ou adiaram suas turnês ao redor do mundo nos últimos dias. Nós escrevemos sobre isso em um outro post. Leia clicando aqui.

Comentários

Topo