Voltar para o topo

Agora você pode adicionar o PapelPop a sua tela inicial Adicione aqui

Anitta revela que Damiano David não era a 1ª opção para ser o boy do clipe de “Mil Veces”

deu no feed
(Foto: Divulgação/Jack Peros; Reprodução/Instagram)
(Foto: Divulgação/Jack Peros; Reprodução/Instagram)

Anitta adiantou, em agosto deste ano, que o “Funk Generation: A Favela Love Story” era só o começo do que estava por vir — e ela tinha razão. A brasileira segue a todo vapor, preparando o lançamento do álbum “Funk Generetation”, sexto álbum de estúdio, que promete conquistar, de vez, o mercado internacional em 2024.

Agora, com o single “Mil Veces”, lançado nesta quinta-feira (20), a artista faz uma homenagem ao início da sua carreira. Ao contrário dos singles lançados anteriormente, esse trata-se de um funk melody, e remete ao subgênero do funk carioca marcado por conteúdos líricos mais românticos e com uma produção musical mais melódica e suave.

Não por acaso, essa estética sonora é muito característica dos primeiros trabalhos da carreira de Anitta, na grupo Furacão 2000, com as faixas “Eu Vou Ficar” e “Proposta”.

“A intenção dessa música é, exatamente, mostrar essa face das minhas músicas antigas, de quando eu comecei na Furacão 2000”, contou ela, com exclusividade ao Papelpop, sobre a importância de reviver a sonoridade no álbum. “Para depois virmos com os funks mais pesados (sonoramente) e outros estilos de funks, também”, detalhou.

Sobre o álbum, Anitta adiantou que explorou vários tipos de funks para a produção, indo do pop ao “pesadão”, e que haverá muitos deles no disco, incluindo uma outra com funk melody. Além disso, a estrela contou que o projeto está finalizado.

A música chega acompanhada de videoclipe, que será estrelado por Damiano David, vocalista da banda Måneskin. O vídeo traz cenas intensas de pegação entre os artistas, além de uma forte retratação e a vivência de um relacionamento tóxico.

“Acredito que é assim que deve ser feito em relações tóxicas: não nos mantermos nelas. Por mais que tenha muita conexão e química, se te faz mal de alguma maneira, é melhor sair fora”, destacou Anitta.

Vem conferir:

Ao contrário do que muitos pensaram, o clipe foi gravado após a premiação do VMA, que rolou em setembro. Inclusive, a brasileira revelou que tinha outro nome em mente para protagonizar o videoclipe, mas vibrou quando o italiano aceitou o convite.

“Chamar o Damiano para o clipe foi ideia da minha empresária, a Rebeca (León). A gente estava no VMA, eu tinha uma ideia de quem eu queria chamar pro clipe. Ela viu ele no after e teve a ideia de chamá-lo. A gente não achou que ele fosse topar, mas ele topou. Acho legal a pessoal se aventurar. Acabou que a ideia dela foi melhor que a minha. Eu tinha uma ideia de quem botar no clipe, mas porque eu queria pegar mesmo”, disse ela.

A brasileira foi questionada pelos jornalistas sobre quem seria o tal boy que ela havia pensado para o clipe por ter interesse amoroso, mas desconversou. Não respondeu.

Anitta brincou que poderia gravar as sequências com o músico e falou um pouco mais sobre a interação e a intimidade deles nas gravações: “Foi super legal gravar com ele, é um artista muito profissional”, destacou ela.

“A gente não tinha muita intimidade, apesar de no clipe a gente parecer super íntimo. Ele é muito legal, estava bem solícito.”, destacou ela falando que estava com vergonha durante as cenas.

Sobre o preparo para as cenas, Anitta descartou as teorias dos fãs sobre um possível romance com o cantor italiano. Ela confessou que os dois estavam super nervosos e com vergonha naquele momento mas que tudo fluiu bem.

“Não rolou nada. Eu não sei se a gente tem muito a ver na vida real. Como personagem, combina. Até eu fui ao show e achei que tem coisa parecida com quem ele é no palco”, contou.

“Por trás da câmera, como pessoa, a nossa realidade não tem nada a ver. A minha intenção, na verdade, é mostrar essa barreira que existe entre o entendimento do público quando a mulher é atriz e protagoniza essas cenas mais quentes – e as pessoas não julgam tanto quanto é uma cantora. As pessoas têm dificuldade de entender que no clipe é uma personagem também, aquilo também é um trabalho artístico”, explicou, durante coletiva de imprensa.

Anitta também anunciou, durante a coletiva de imprensa do single “Mil Veces“, as primeiras datas do “Ensaios da Anitta” de 2024. Até o momento, serão 10 cidades, 10 estados e claro, muito samba.

Para a edição do próximo ano, a cantora brasileira homenageará as escolas de samba, que segundo a artista, são essência do carnaval carioca. Você pode conferir todas as informações aqui.

voltando pra home