Voltar para o topo

Agora você pode adicionar o PapelPop a sua tela inicial Adicione aqui

De Honório Gurgel para o mundo: os passos internacionais de Anitta até o Grammy 2023

música
Brasileira concorre ao prêmio de Artista Revelação do Grammy 2023, que acontece neste domingo (5). (Foto: Divulgação/Getty Images)
Brasileira concorre ao prêmio de Artista Revelação do GRammy 2023, que acontece neste domingo (5). (Foto: Divulgação/Getty Images)

Diretamente de Honório Gurgel, no Rio de Janeiro, para o Grammy 2023. Neste domingo (5), Anitta representará o Brasil e viverá um de seus maiores feitos da carreira na maior premiação de música de mundo.

A cantora, que desbravou o globo nos últimos tempos com seu carisma e talento, pode levar para casa o gramofone de Artista Revelação da premiação. Ao lado dela, concorrem, também, Omar Apollo, Domi & Jd Beck, Muni Long, Samara Joy, Latto, Måneskin, Tobe Nwigwie e Molly Tuttle.

Esta é uma das categorias principais da honraria, pois todos os holofotes se voltam para os nomes que estão em evidência na indústria.

Alicia Keys (2001), Evanescence (2003), Amy Winehouse (2007), Adele (2008), Sam Smith (2014), Dua Lipa (2018) e Billie Eilish (2019) são apenas algumas das grandes personalidades que já levaram a melhor como Arista Revelação do Grammy.

Será que Anitta entrará para este célebre e seleto time? Recentemente, a Girl from Rio usou as redes sociais para dizer que estava bastante nervosa e ansiosa (e nós estamos também). Assista:

Enquanto a honraria não acontece, vamos relembrar os caminhos internacionais que a carioca precisou fazer para garantir o seu lugar na 65ª cerimônia anual do Grammy Awards, que acontecerá em Los Angeles, nos Estados Unidos.

 

Parcerias internacionais

A mulher sabe como chegar em outros artistas, viu? Com certeza, um dos maiores fatores para Anitta ter chegado tão longe foi o seu networking.

Desde que começou a dominar o Brasil, a gatinha não se contentou com os amigos conterrâneos e correu atrás de novos ares.

Foi com Maluma que a cantora, então, começou a dar os primeiros passos, com o hit “Sim ou Não”, lá em 2016. Lembram?

Depois disso, ela continuou rumo às parcerias internacionais e cantou com diversos nomes bem grandes como Madonna, J Balvin, Rita Ora, Cardi B, Missy Elliott e muito mais.

Premiações: apresentações, indicações e vitórias

Nos últimos tempos, Anitta esteve em várias das grandes premiações de música do mundo, tanto como convidada quanto como indicada e atração. Relembre algumas e veja alguns momentos a seguir:

 

VMA

Chegar ao palco do VMA é um sinal de que tudo deu muito certo. Agora, imagina subir lá para cantar e ainda receber um prêmio?

Anitta não brincou em serviço e, além de entregar uma performance impecável de “Envolver” e uma versão repaginada de “Movimento Sanfoninha”, ela ganhou o prêmio de Melhor Clipe de Música Latina pelo primeiro, que foi um grande hit no mundo todo.

Foi a primeira vez que um artista brasileiro conseguiu o feito e, por isso, foi comemorado com um discurso emocionante.

“É a primeira vez do Brasil aqui. Eu cantei uma música de um ritmo que já foi considerado um crime, eu cresci e nasci na favela. Em lugares como esse, nunca pensamos que isso seria possível”, falou a brasileira, se referindo ao gênero de funk.

Reveja este momento!

 

Grammy Latino

A brasileira, sem sombra de dúvidas, deixou sua marca na maior honraria de música latina. A história dela com o Grammy Latino não é recente. Em 2014, a patroa recebeu sua primeira indicação, com a música “Zen”, do álbum autointitulado, lançado um ano antes.

Dali em diante, o rosto de Anitta apareceu mais algumas vezes, com sua estreia como uma das perfomances da noite, em 2020, e até fazer história com indicações a Gravação do Ano por “Envolver”, no ano passado.

Em 2022, ela apresentou a honraria ao lado de Thalía, Laura Pausini e Luis Fonsi e entregou uma das performances mais quentes da noite, com um medley cheio de funk e reggaeton. Já viu?

American Music Awards

Anitta fez uma grandíssima estreia no palco do American Music Awards 2022.

Na edição, ela não apenas cantou o seu hit global “Envolver”, como recebeu a lendária Missy Elliott para apresentar a parceria “Lobby” pela primeira vez em uma premiação.

A honraria consagrou, ainda, a cantora como a Melhor Artista Feminina Latina. Relembre também!

 

People’s Choice Awards

Ao sair a lista de indicados ao People’s Choice Awards 2022, os brasileiros puderam dar mais um check na lista dos grandes feitos internacionais de Anitta.

Ela concorreu ao prêmio de Artista Latina do ano ao lado de nomes como Bad Bunny, Shakira e Rosalía e desbancou todos eles, levando a estatueta para casa.

Vencedora do Innovator Awards

No ano passado, Anitta compareceu à 12ª edição do Innovator Awards, promovido pelo jornal The Wall Street Journal, e foi honrada com o título de Artista Inovadora de 2022.

Ali, ela fez história, mais uma vez, a ser a primeira artista feminina a ganhar a homenagem, que já foi dada a nomes como Lil Nas X e BTS.

Anitta ganha prêmio de inovação do Wall Street Journal. (Foto: Dimitrios Kambouris/Getty Images)

Anitta ganha prêmio de inovação do Wall Street Journal. (Foto: Dimitrios Kambouris/Getty Images)

Indicada ao GLAAD Media Awards

O ano já começou em grande estilo para a cantora. Além da expectativa para o Grammy, a carioca também já recebe as primeiras indicações a prêmios internacionais.

Agora, no início de 2023, ela foi indicada ao do GLAAD Media Awards, da ONG norte-americana Gay & Lesbian Alliance Against Defamation, que visa celebrar os artistas LGBTQIA+ da indústria.

Bissexual assumida, Anitta concorre ao prêmio de Melhor Artista Musical. Nomes como Kim Petras, Demi Lovato e Hayley Kiyoko também aparecem na lista.

“Envolver” no topo do Spotify Global e no Guiness Book

Lançado no final de 2021, o single “Envolver” faz parte do álbum “Versions Of Me” (2022) e foi uma dos grandes responsáveis por alçar Anitta ao estrelato internacional vivido neste ano.

Aos poucos, durante o passar dos dias, a canção foi ganhando notoriedade e conquistou feitos ainda inéditos na carreira da brasileira. Com um videoclipe simples, no qual aparece a própria e um dançarino apenas, el passo de Anitta avançou o sinal verde como uma trend relevante nas redes sociais (no TikTok, principalmente) e envolveu todo mundo. Literalmente!

A faixa logo chegou ao topo da Spotify Global, parada musical que ranqueia o que mais foi escutado em todo o mundo, e se tornou a primeira vez que uma ou um artista brasileiro conquista tal feito.

Como se não bastasse o megahit tocando pelo globo, Anitta entrou para o Guiness Book com a conquista de primeira latina solo a alcançar o primeiro lugar na plataforma de streaming. Tá bom ou quer mais?

 

A febre de “Paradinha”

Podemos dizer que “Paradinha” foi um dos projetos que fizeram com que Anitta começasse a ser vista no mundo todo. Lançada em 31 de maio de 2017, a faixa trouxe a artista cantando em espanhol e com um desses refrões chiclete que a gente ama.

Ao lançar o single, ela quebrou a barreira da língua que impede artistas brasileiros de fazer nome além das nossas fronteiras. Com a produção, a carreira dela começou a se fazer presente em paradas musicais de vários países e quebrando recordes aqui pelo Brasil. Na época, a canção teve a melhor estreia no Spotify Brasil.

Quem lembra?

 

Aparições em programas de TV internacionais

Anitta foi a primeira brasileira a aparecer em alguns programas renomados mundo afora. Em 2014, ela participou do “The Tonight Show Starring Jimmy Fallon” e cantou “Switch” ao lado da cantora Iggy Azalea.

Anos mais tarde, com o lançamento do disco “Versions of Me” e a ascensão do single “Boys Don’t Cry”, a Girl from Rio voltou ao programa para um momento só dela.

A artista também já esteve no “The Late Late Show with James Corden”, “The Kelly Clarkson Show”, “Watch What Happens Live with Andy Cohen”, “Good Morning America” e mais. Ela dominou! Veja alguns desses momentos:

Apresentação no “Savage x Fenty Show”

Dá para dizer que zerou a vida ao ser anunciada como uma das atrações do desfile de ninguém menos que Rihanna, né?

No 4º volume da produção, disponível no Prime Video, Anitta esbanjou toda sua sensualidade com uma apresentação das músicas “Envolver” e “Practice”.

 

AniChella!

Sem sombra de dúvidas, o show no Coachella foi um dos maiores atos internacionais da carreira de Anitta até hoje. Em um dos maiores festivais de música do mundo, a brasileira deu o nome e reivindicou a posse e o significado das cores da bandeira do Brasil.

Ali, ela levou o funk brasileiro a outro patamar com um setlist que agradou os fãs de todas as nacionalidades. Cantou hits em português, inglês e espanhol e mostrou que iria, sim, rebolar a sua bunda ao apresentar ao mundo seu “Movimento da Sanfoninha”. Grandona sem medo. Clique aqui e relembre!

MetGala

Por dois anos consecutivos, Anitta participou do Met Gala, o baile do Museu Metropolitano de Arte, em Nova York.

Em 2021, na sua grande estreia no evento, a cantora vestiu um modelo preto de Peter Dundas, escolhido pela própria Anna Wintour, e foi acompanhada do designer de sandálias Alexandre Birman.

Já em 2022, ela usou um look exclusivo Moschino By Jeremy Scott, acompanhado o tema do evento, que foi “Na América: Uma Antologia da Moda”.

Anitta e Alexandre Birman no MetGala 2021. (Foto: Theo Wargo/Getty Images)

Anitta e Alexandre Birman no MetGala 2021. (Foto: Theo Wargo/Getty Images)

Anitta no Met Gala 2022. (Foto: Jamie McCarthy/Getty Images)

Anitta no Met Gala 2022. (Foto: Jamie McCarthy/Getty Images)

Estátua de cera no Madame Tussauds

Se uma já causa, imagine duas! Também em 2022, a carioca deu um passo importantíssimo em termos de visibilidade.

Ela inaugurou sua própria estátua no famoso museu de cera Madame Tussauds, em Nova York, e se tornou a primeira artista brasileira a ter uma obra de si mesma no local.

A estátua é um réplica perfeita da cantora, com os dizeres “Garota do Rio”, estampado no cropped e a calça e a bota do figurino usado por ela no show histórico do Rock in Rio 2019.

 

Reconhecida por ícones da indústria

Com o sucesso se deslanchando pelo mundo, é comum que o nome do artista esteja em evidência para outros artistas. Com Anitta não foi diferente!

Mariah Carey, por exemplo, segue a cantora no Instagram, manda feliz aniversário, elogia nas entrevistas e tudo mais.

Teve, também, The Weeknd, que, durante show no Coachella 2022, mudou a letra da faixa “Party Monter” para homenagear a cantora.

“Like Anitta, ass shaped like Anitta” (“Se parece com a Anitta, bunda com o formato da que tem Anitta”, em tradução livre)

Em entrevista ao “Fantástico”, quem não se poupou a elogiar a kinga foi Christina Aguilera.

“Eu conheço a Anitta. Eu amo artistas inovadores, que não têm medo de críticas e se impõem para se expressarem livremente como artistas. A energia do Brasil é tão incrível”, disse Xtina.

Já John Legend, em conversa com o Folha de São Paulo, disse que deseja trabalhar com com a brasileira. “Eu e Anitta trabalhamos com o mesmo produtor [Ryan Tedder] nos nossos últimos álbuns. Acho ela uma artista talentosa para caramba. Eu vou conversar sobre isso com o Ryan. Ele tem falado dela faz um tempo. Acho que seria legal nós cantarmos juntos”, revelou.

Obviamente, não poderíamos deixar de falar de Anitta e Chlöe, que findaram uma amizade que pode render ótimos frutos. Apadrinhada por ninguém menos que Beyoncé, a cantora que faz duo com a irmã Halle Bailey chegou a vir para o Brasil gravar um projeto supermisterioso com a patroa.

Show histórico no Rock in Rio

Em 2019, Anitta provou que também é uma artista para palcos gigantescos. No Rock in Rio daquele ano, ela abalou todas as estruturas do festival, homenageando o funk e revistando todas as fases da carreira em um show épico. O palco, inclusive, foi inspirado em Furacão 2000, quando tudo começou para ela.

Relembre!

 

Agora, o que podemos esperar é o tão aguardado Grammy de Artista Revelação. Será que vem aí, gente? A premiação acontece neste domingo, dia 5, a partir das 21h. A transmissão acontece na TNT Brasil e na HBO Max.

voltando pra home