Menu Papel POP
(Getty Images/Reprodução)

Ex-marido de Britney Spears divulga vídeos da cantora supostamente discutindo com filhos

Foi no último sábado (6) que, em uma entrevista ao Daily Mail, Kevin Federline, ex-marido e pai dos filhos de Britney Spears, revelou que as crianças não desejam visitar a mãe. Após ter rebatido as acusações, junto a seu marido Sam Asghari, a cantora voltou a se pronunciar, enquanto o ex-dançarino publicou vídeos em que, supostamente, a artista estaria sendo “tóxica” com seus filhos.

Em uma publicação já deletada, Britney fala sobre a casa nova e a relaciona com a falta que sente de seus filhos. “Ainda não mostrei minha casa porque é difícil juntar tudo! Sim, é linda, mas sinto falta da minha outra casa por algum motivo! É difícil para mim deixar de lado as coisas que eu realmente amo… Como meus filhos. A situação deveria ter sido 100% tratada de forma privada e definitivamente não online!”, referindo-se ao desentendimento público com o ex-marido.

“Uma rede britânica afirmou que o objetivo da madrasta deles é manter as crianças longe de toda a controvérsia e trauma em minha casa… Tenho amor em minha casa e tenho bênçãos das pessoas que permito entrar e sair de minha casa!”, disse. “Eu ansiava por ver meus filhos toda semana… Eram 2 dias por semana, mas eu pedi para ele pedir para ficar mais dias… Talvez 3 dias… Mas aí na semana seguinte eles ficaram por apenas um dia”

“Sim, eu sei que os adolescentes são difíceis de lidar nessa idade… Mas vamos lá, há diferença de ser grosseiro e ser ODIOSO… Eles me visitavam, entravam pela porta, iam direto para o quarto deles e trancavam a porta”, contou a estrela.

“Eu ficava me questionando o porque vem me visitar se eles nem me visitam! Mas eu nunca disse isso porque tenho que ser gentil!”, disse. “Se eu falar como uma mulher ou disser algo argumentativo como eu fizesse um movimento de dança dizendo que eu não gosto disso, seria enviada para aquele lugar por 4 meses!”, relembrando quando foi enviada para uma clínica de reabilitação.

“Dói e eu quero gritar! Quero sacudir os ombros e dizer ‘acorda eu também estou aqui!’”

A princesa do pop, então, relembra algumas tentativas de reaproximação de Jayden e Sean, de 15 e 16 anos: “Sempre fazíamos hora de oração, não realmente hora de oração, isso parece bobo, mas se chama ‘devoção’, onde você lê duas ou três páginas em um livro de orações e fala sobre isso”.

“Eu sempre TENTEI e TENTEI, e talvez por isso eles pararam de vir aqui! Eu queria que eles me amassem tanto que eu posso ter exagerado!”, lamentou Britney. “Este verão, eles me disseram ‘podemos vir aqui menos’ e eu estava tipo, tudo bem. Liguei para o pai deles e disse a ele que parece que os meninos estão querendo parar de vir aqui tanto, o que eu entendo porque eles têm suas próprias coisas acontecendo, mas eu sinto que eles estão sendo muito duros!”.

Ela, então, relembra o que Federline disse: “Suas palavras foram ‘Eu nunca deixaria eles tomarem essa decisão por conta própria… Eu nunca faria isso com você’. Bem, depois disso, eu não os vejo desde então!”

Spears relata que esta é mais uma maneira de sua família tentar prejudicá-la: “Não tem sido nada legal ter que perguntar o dia que os meninos estão chegando essa semana… E me fazendo esperar 2 ou 3 dias por uma resposta! […]‘Nós vamos deixar você saber mãe’, ‘Quando podemos ver você!’”

A cantora ainda acusou Federline de disponibilizar maconha em sua casa: “Então, por mais que vocês assistam o que ele chama de família de comercial de margarina, posso te garantir: aquela casa tem mais maconha que Ludacris, 50 cent, Jay Z e Puff Daddy juntos!”

Por fim, Britney mostrou sua aflição com o afastamento dos filhos: “Não consigo processar como algo que dediquei 20 anos da minha vida a essas crianças, tudo era sobre eles, para eles me tirarem o fôlego”.

“Nenhuma terapia ou senso de adoração pode consertar meu coração!!! Eu terei traumas para sempre e eu sei disso, eu aceitei… Seria preciso um milagre para consertar meu coração, e não apenas um milagre, talvez 3!”

Criação Tóxica

Em uma nova tentativa de provar que Spears não é apta para a criação de seus filhos, Federline publicou, na madrugada desta quinta-feira (11), uma série de vídeos (também já deletados) gravados pelas próprias crianças em que, supostamente, provam que a artista aplica uma criação ‘tóxica’ a elas. As filmagens foram feitas por volta de 2017, e sem consentimento da artista.

“Eu não posso sentar e deixar meus filhos serem acusados dessa maneira após tudo que eles passaram. Por mais que isso doa, nós decidimos, enquanto família, postar esses vídeos que os garotos filmaram quando eles tinham 11 e 12 anos. Isso não é nem o pior de tudo. As mentiras tem que parar. Eu espero que nossas crianças cresçam para serem melhores que isso”, escreveu Federline, na legenda da publicação.

No primeiro vídeo, Britney aparece dizendo: “Essa é a minha casa, e se eu quiser vir aqui e passar loção em seus rostos porque está áspero, e vocês me dizem ‘está bem, está bem’. Não, não está bem”, ela continua: “É melhor vocês começarem a me respeitar, está claro?”.

“Vocês precisam começar a me tratar como uma mulher de respeito. Eu sou uma mulher, ok? Sejam legais comigo. Vocês entenderam?”, diz a cantora.

No segundo vídeo, Britney está dando uma bronca em seus filhos por não usarem sapatos em um dia que estava muito frio. É quando as crianças reagem pela mãe ter tirado o celular de Sean como castigo.

Olha só:

Comentários

Topo