Voltar para o topo

Agora você pode adicionar o PapelPop a sua tela inicial Adicione aqui

Joelma e Pedro Sampaio lançam remix para o hit “Voando Pro Pará”; ouça!

música
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A cantora Joelma e o DJ Pedro Sampaio lançam, nesta quarta-feira (1º), um remix inédito da faixa “Voando Pro Pará”, que se tornou um viral em plataformas como o TikTok. A novidade integra a setlist do DVD “Isso é Calypso Tour Brasil”, que vem sendo gravado em cinco capitais brasileiras. A música em questão ganhou seu registro em Belém do Pará.

“Conheci o Pedro Sampaio e me apaixonei. Um artista jovem, talentoso demais e uma pessoa incrível. Soube que ele estava tocando a música no show dele e a galera tava comentando demais; aí o convidei pro meu DVD em Belém/PA, afinal não tinha lugar melhor”, afirmou a cantora, divertindo-se.

“O resultado final ficou demais, a energia lá em cima e com a cara do verão. Esperamos que vocês curtam muito!”.

O astro, a sua vez, revelou em nota ser um grande admirador da rainha do Norte. “Ela é um ícone da música brasileira e colaborar era um sonho! Eu tinha feito um remix de ‘Voando Pro Pará’ pro meu show e a galera curtiu demais, começou a pedir pra gente lançar”, diz.

Foi a partir daí que chegou o convite. “Fiquei extremamente honrado! Eu admiro muito o trabalho e a carreira dela, tudo o que ela representa para o Pará”.

Ouça agora mesmo no seu tocador predileto.

Dono de uma das músicas mais tocadas no momento no Brasil, Sampaio é um dos artistas a estampar a capa e o recheio da edição de fevereiro da revista GQ Brasil.

Em trecho da entrevista revelada em primeira mão ao Papelpop, o DJ e produtor musical se abriu sobre sempre ter sido uma pessoa livre, longe de amarras. Ele conta que toda criatividade e autoestima que tem foram se moldando desde criança, em um ambiente que nunca o impediu de ser quem ele é.

“Brincava de qualquer coisa [na infância], me vestia com qualquer roupa e podia ser quem eu quisesse aos 6 anos. Isso de ‘coisa de menina’ e ‘coisa de menino’ não existia. Foi muito mágico, e cultivei esse espírito livre ao longo da vida” — Pedro Sampaio à GQ Brasil

voltando pra home