Voltar para o topo

Agora você pode adicionar o PapelPop a sua tela inicial Adicione aqui

Morre aos 53 anos Guilherme de Pádua, ex-ator condenado por assassinar Daniella Perez

famosos
Foto: Reprodução/YouTube

Morreu na noite deste domingo (6), em Belo Horizonte – MG, o pastor Guilherme de Pádua. Ele ganhou fama no ano de 1992 por interpretar o personagem Bira na novela “De Corpo e Alma” e por ter, em seguida, assassinado a colega de elenco e também atriz, Daniella Perez. Para cometer o crime, premeditado, ele contou com a colaboração da esposa Paula Thomaz.

A informação da morte foi confirmada pelo pastor Márcio Valadão, líder da Igreja Batista da Lagoinha (via Globo News). Em uma live feita em seu perfil no Instagram, ele afirmou que Pádua estava em casa quando sofreu um mal súbito e caiu, já sem vida.

https://twitter.com/GloboNews/status/1589448447908016128

Pastor alinhado ao bolsonarismo, Pádua foi uma das figuras mais midiáticas da década de 1990. As investigações concluíram à época que ele assassinou Perez com 17 punhaladas por não aceitar que seu personagem na trama, com quem a atriz fazia par romântico, recebesse menos cenas.

A teoria de que a atriz foi morta em um ritual de magia negra em troca de fama também ganhou força por parte da acusação e foi revisitada, à ocasião dos 30 anos do homicídio, na série “Pacto Brutal“, da HBO Max.

Graças a um esforço da mãe da atriz, a escritora Gloria Perez, foi feito um esforço para que a lei de crimes hediondos fosse altera no país, endurecendo a pena para os responsáveis.

voltando pra home