Menu Papel POP
Foto: Getty Images

Willow sai em defesa de Will Smith, após tapa no Oscar: “Aceito a humanidade da minha família”

HABLOU MESMO. Em entrevista à revista Billboard publicada no fim de semana, a cantora Willow falou pela primeira vez sobre o tapa que seu pai, o ator Will Smith, deu no comediante Chris Rock. O ocorrido foi um dos principais assuntos após a cerimônia de entrega do Oscar 2022.

Segundo Willow, a reação da mídia não a “abalou tanto quanto seus próprios demônios internos”. “Vejo toda a minha família de forma humana, eu os amo e os aceito por toda a sua humanidade. Por causa da posição que ocupamos, a nossa humanidade, às vezes, não é aceita. Esperam que ajamos de uma forma que não seja saudável, ou mesmo honesta”, explicou.

Na última semana, o pai da artista, Will Smith, publicou um vídeo bastante emocionado em que se desculpou com o colega. Com o título de “It’s been a minute” (“Passou um minuto”, em tradução livre), a declaração revela que ele tentou contato com Rock logo após o tapa, mas que, há quatro meses, o humorista ainda não estava pronto para conversar sobre a situação.

“Estava tudo confuso naquele momento. Entrei em contato com Chris e a mensagem que voltou é que ele não está pronto para falar”, revelou.

Reforçando que sua atitude não foi encorajada pela esposa Jada Pinkett-Smith, alvo de uma piada do humorista envolvendo um problema de saúde, ele também pediu desculpas à mãe e a toda a família de Rock: “Quero falar para você, Chris, te peço desculpas. Meu comportamento foi inaceitável e eu estou aqui para conversar quando você estiver pronto”.

“Não há nenhuma parte de mim que acha que foi correto me comportar daquela forma”, prosseguiu. “Desapontar pessoas é o meu trauma central. Eu odeio quando decepciono as pessoas. Então me machuca psicologicamente e emocionalmente saber que não fiz jus à imagem e impressão das pessoas sobre mim”.

Semanas após o Oscar, o ator foi oficialmente banido da Academia.

 

Comentários

Topo