Menu Papel POP
(Foto: Getty Images)

Will Smith quebra silêncio sobre tapa em Chris Rock: “Meu comportamento foi inaceitável”

Com o título de “It’s been a minute” (“Passou um minuto”, em tradução livre), Will Smith publicou um vídeo em seu canal do YouTube em que fala abertamente, pela primeira vez, sobre o episódio de agressão contra o humorista Chris Rock, que aconteceu durante o Oscar 2022 — cerimônia em que recebeu o prêmio de melhor ator por sua performance em “King Richards”.

Ao longo dos mais de cinco minutos em que se abre sobre o ocorrido, Smith revelou que tentou contato com Rock logo após o “tapão”, mas que, há quatro meses, o humorista ainda não estava pronto para conversar sobre a situação.

“Estava tudo confuso naquele momento. Entrei em contato com Chris e a mensagem que voltou é que ele não está pronto para falar”, revelou.

Reforçando que sua atitude não foi encorajada pela esposa Jada Pinkett-Smith, alvo da piada do humorista, o ator pediu desculpas também à mãe e a toda a família de Chris: “Quero falar para você, Chris, eu te peço desculpas. Meu comportamento foi inaceitável e eu estou aqui para conversar quando você estiver pronto”.

“Não há nenhuma parte de mim que acha que foi correto me comportar daquela forma”, reiterou o ator que, ao ler algumas perguntas, falou sobre a decepção que causou nas pessoas que o admiram.

“Desapontar pessoas é o meu trauma central. Eu odeio quando decepciono as pessoas. Então me machuca psicologicamente e emocionalmente saber que não fiz jus à imagem e impressão das pessoas sobre mim”, declarou Smith.

Por ter “roubado” a cena naquela noite, o ator ainda se desculpou com os demais indicados da noite. “Sei que foi confuso, sei que foi chocante, mas eu prometo que estou profundamente dedicado e comprometido em colocar luz, amor e alegria no mundo”, reafirmou.

“Se você aguentar um pouco, eu prometo que nós vamos ser amigos outra vez”, finalizou.

Assista ao vídeo completo:

O que aconteceu

Enquanto apresentava uma categoria na premiação o humorista Chris Rock usou Jada Pinkett Smith, esposa de Will, como alvo de uma piada feita sobre o cabelo da atriz, que está em um tratamento de alopecia, uma doença autoimune que, entre seus efeitos, provoca problemas de calvície.

Em reação a piada e, afirmando estar defendendo sua esposa, Smith deu um tapa na cara do comediante. Como punição, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas decidiu bani-lo da cerimônia por dez anos.

O que Jada pensa

Em uma conversa sobre sua condição no Red Table Talk, em junho deste ano, Jada Pinckett Smith falou um sobre a polêmica, afirmando que espera que “esses dois homens inteligentes e capazes tenham a oportunidade de se curar, conversar sobre isso e se reconciliar”.

“Com o estado do mundo hoje, nós precisamos de ambos [Rock e Smith]. E todos nós realmente precisamos uns dos outros mais do que nunca. Até então, Will e eu continuamos a fazer o que temos feito nos últimos 28 anos, e isso é continuar descobrindo essa coisa chamada vida juntos”, disse Jada.

 

Comentários

Topo