Menu Papel POP
Foto: Divulgação

Jojo Todynho se aventura no samba e cita Alcione e Dona Ivone Lara: “Legado não pode acabar”

Jojo Todynho está de volta à música! Marcada por hits como “Que Tiro Foi Esse?” (porque ela está sempre um tiro!), a artista lança, agora, seu aguardado disco de samba e pagode, já nesta sexta-feira (19), chamado “Jojo Como Você Nunca Viu”.

Com faixas inéditas e regravações de grandes clássicos do gênero, o projeto chega acompanhado de um videoclipe que presta homenagem à sua origem no bairro de Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A artista revelou ao Papelpop, em uma coletiva de imprensa, que deseja continuar o legado de mulheres no samba, como Dona Ivone Lara, Alcione e outras.

“As pessoas que vieram à nossa frente, como Leci Brandão, Dona Ivone Lara, Jovelina Pérola Negra, Alcione, Beth Carvalho e várias outras mulheres do samba, são vozes que marcaram e vão marcar a nossa vida para sempre porque se tornaram deusas, ícones”, contou, emocionada.

“Mas, hoje, a Alcione não consegue mais fazer um show como antigamente porque ela já está idosa. Eu sou muito fã dela, marrom é a minha paixão, e eu fico pensando tipo ‘e quando elas forem embora? Quem vai dar continuidade a esse trabalho foda que ela e tantas outras sambistas fizeram?’ […] O legado não pode acabar, por isso que vim para uma pegada mais samba.”

Ela revelou, ainda, que o projeto, futuramente, será registrado em um DVD ao vivo. Além disso, a artista já visa o lançamento do segundo volume, neste gênero.

O próximo celebrará outras canções que marcaram o samba, com o acréscimo de “Codinome Beija-Flor”, de Cazuza, o qual a cantora é fã declarada.

Enquanto o disco não chega, vamos ter um gostinho da cantora no pagode com “RJXSP”, parceria com 2Jhow:

Comentários

Topo