Menu Papel POP
Divulgação / HBO

George R.R. Martin afirma que “Game Of Thrones” deveria ter “pelo menos 10 temporadas”

Em entrevista ao Wall Street Journal, George R.R. Martin voltou a comentar sobre o final de “Game of Thrones” (2011-2019). Segundo o autor, ele insistiu para que a série tivesse “pelo menos 10 temporadas”, mas, apesar do sucesso estrondoso, David Benioff e D. B. Weiss, os showrunners, decidiram encerrá-la após o oitavo ano. As informações são da Variety.

“Eu estava dizendo que precisa ser pelo menos 10 temporadas e talvez 12, 13. Eu perdi essa [discussão]”, disse ele ao jornal. Como a série ultrapassou os eventos dos livros publicados por Martin até o momento, ele acabou não tendo muito envolvimento na produção das temporadas finais. 

“Não tive nenhuma contribuição para as temporadas posteriores, exceto, você sabe, inventar o mundo, a história e todos os personagens”, explicou o escritor. “Acredito que tenho mais influência agora [em ‘A Casa do Dragão’] do que na série original”, avaliou. 

Como o mais novo spin-off, que estreou no HBO Max no último domingo (21), se passa numa era anterior às “Crônicas de Gelo e Fogo”, todo o seu conteúdo encontra-se disponível nos livros de Martin, incluindo o extra “Fogo & Sangue”, focado exclusivamente na história da família Targaryen. Desta vez, o autor está muito mais envolvido na história e produção do seriado do que esteve na série original. 

Situada cerca de 200 anos antes dos acontecimentos de “Game Of Thrones”,“A Casa do Dragão” conta a história da Casa Targaryen e a guerra sangrenta pelo Trono de Ferro que dividiu a família. Nos livros de Martin, esse período da história ficou conhecido como A Dança dos Dragões. 

Matt SmithOlivia CookeEmma D’Arcy, Paddy Considine, Milly Alcock, Rhys Ifans, Steve Toussaint, Fabien Frankel, Eve Best e Sonoya Mizuno formam o elenco principal do spin-off.

Comentários

Topo