Menu Papel POP
Foto: Reprodução/Facebook

Ezra Miller é investigado por desaparecimento de família em Vermont, nos Estados Unidos

MAIS SOBRE:

Em junho deste ano, a revista Rolling Stone reportou que Ezra Miller estaria hospedando uma mulher de 25 anos e seus três filhos pequenos em sua fazenda em Vermont, nos Estados Unidos, desde abril. Segundo a mesma revista, a família agora está desaparecida e o ator é um dos principais suspeitos do ocorrido.

A polícia do estado de Vermont está em busca de uma mulher e seus três filhos de idades entre um e 5 anos de idade. Documentos obtidos pela publicação apontam que o ator estaria escondendo a localização da família, uma vez que a mãe, que fazia publicações diárias em suas redes sociais, teve sua conta deletada no meio de julho.

As autoridades, ainda, tentaram entrar em contato com a mulher por, pelo menos, duas vezes durante o último final de semana. A ação tinha o objetivo de entregar documentos assinados pela procuradoria do estado, que solicitava a remoção dos filhos mais novos dos cuidados da mãe e da residência de Miller. Segundo o ator, a família não vivia mais em sua propriedade há alguns meses.

Relembre o Caso

Ezra  teria hospedado uma família em sua fazenda que, segundo relatos, obtinha livre acesso a armas, balas e maconha. Pessoas envolvidas com o ator e até mesmo o pai das crianças consideraram esta uma situação de extremo risco.

À revista, fontes que confirmaram a vulnerabilidade pela qual as crianças estão sendo submetidas, ainda relembraram um caso em que uma delas — de apenas um ano de idade – teria encontrado uma bala perdida e a colocado na boca. O uso frequente e pesado de maconha na frente das mesmas, com pouca preocupação com a ventilação adequada, também é algo recorrente no interior do local.

No entanto, a mãe, que também não quis ser identificada, afirma que Miller a ajudou a escapar de um relacionamento “violento e abusivo” e que o ator a teria auxiliado a “finalmente ter um ambiente seguro para meus três filhos muito pequenos.” Procurado pela publicação, o pai e ex-companheiro da mulher negou todas as acusações. Tenso, né?

Futuro na DC

Todos estes episódios podem prejudicar a estreia de “The Flash”, filme DC em que Miller vive o personagem-título. Segundo o The Hollywood Reporter, a Warner Bros, inclusive, estuda cancelar o longa caso não haja uma melhora em seu comportamento.

De acordo com o site, a companhia estuda três possibilidades para o lançamento (ou não) do filme.

O primeiro cenário é de que o mesmo possa dar uma entrevista explicando seu comportamento. Assim, ele participaria de maneira limitada na turnê de divulgação do filme, que seria lançado normalmente.

No segundo cenário, considerando que Miller não receba ajuda terapêutica, é que a Warner mantenha a estreia da maneira programada, mas tirando o ator da publicidade envolta do longa e, posteriormente, o retirando do papel — que pode ser reformulado em lançamentos futuros.

A terceira e última opção visa um cenário em que Ezra deteriora ainda mais seu comportamento. Isso fará com que a companhia cancele por completo qualquer plano para o lançamento do filme, uma vez que ele não poderia ser refilmado com um ator diferente. Para a empresa, descartar um investimento de US$ 200 milhões seria um prejuízo sem precedentes.

Comentários

Topo