Menu Papel POP
Foto: Divulgação

“The Flash”: Warner Bros considera cancelar filme com Ezra Miller após polêmicas

Muito tem se falado sobre as polêmicas que Ezra Miller tem se envolvido. Tentando zerar o código penal, as mais recentes envolvem supostos furtos de bebidas alcoólicas, assédio contra menores e até mesmo sequestro.

Todos estes episódios podem prejudicar a estreia de “The Flash”, filme DC em que vive o personagem-título. Segundo o The Hollywood Reporter, a Warner Bros, inclusive, estuda cancelar o longa caso não haja uma melhora em seu comportamento.

De acordo com o site, a companhia estuda três possibilidades para o lançamento (ou não) do filme.

Após receber indicações de que Miller buscará ajuda profissional, o primeiro cenário é de que o mesmo possa dar uma entrevista explicando seu comportamento. Assim, ele participaria de maneira limitada na turnê de divulgação do filme, que seria lançado normalmente.

No segundo cenário, considerando que Miller não receba ajuda terapêutica, é que a Warner mantenha a estreia da maneira programada, mas tirando o ator da publicidade envolta do longa e, posteriormente, o retirando do papel — que pode ser reformulado em lançamentos futuros.

A terceira e última opção visa um cenário em que Ezra deteriora ainda mais seu comportamento. Isso fará com que a companhia cancele por completo qualquer plano para o lançamento do filme, uma vez que ele não poderia ser refilmado com um ator diferente. Para a empresa, descartar um investimento de US$ 200 milhões seria um prejuízo sem precedentes.

A narrativa trará uma aventura pelas diferentes linhas do tempo e universos da DC Comics, enquanto o personagem tenta salvar a mãe. Até o momento, o filme está programado para 2023. Será que vem aí?

Comentários

Topo