Menu Papel POP
(Reprodução/Instagram)

Emilia Clarke relata efeitos de aneurisma cerebral: “Dor excruciante”

Em uma recente entrevista à BBC para promover a peça “The Seagull”, Emilia Clarke falou mais sobre ter sobrevivido a dois aneurismas, um em 2011 e outro em 2013. A estrela de “Game Of Thrones” ainda comentou sobre o longo período de recuperação.

“Foi a dor mais excruciante”, disse a atriz. “É impressionante que eu seja capaz de falar, às vezes de forma articulada, e viver minha vida completamente normal, sem absolutamente nenhuma repercussão”, afirmou Clarke, que continuou: “Estou na minoria muito, muito, muito pequena de pessoas que podem sobreviver a isso.”

“Tem um pouco [de cérebro] faltando, que sempre me faz rir ”, brincou a atriz. “No derrame, basicamente, assim que qualquer parte do seu cérebro não recebe sangue por um segundo, ele desaparece. Assim, o sangue encontra uma rota diferente para se locomover, mas então qualquer parte que esteja faltando desaparece”.

Com toda esta luta para sua recuperação, Clarke viu a necessidade de criar uma instituição para prestar apoio às vítimas de derrames e aneurismas cerebrais. Agora, ela confirma que não pensa mais com tanta seriedade sobre o caso, e apenas abraçou sua condição.

“Eu pensei: ‘Bem, isso é quem você é. Este é o cérebro que você tem.’ Portanto, não faz sentido quebrar continuamente seus cérebros sobre o que pode não estar lá”, finalizou a atriz.

Comentários

Topo