Menu Papel POP
Foto: Divulgação

“Aquaman 2”: Amber Heard afirma que cenas de ação de Mera foram cortadas

Amber Heard afirmou que a Warner Bros. não queria incluí-la na sequência de “Aquaman” por conta do andamento de seu divórcio com Johnny Depp. A atriz comentou a situação durante depoimento no julgamento do processo de difamação que seu ex-marido move contra ela. As informações são da Variety

A intérprete de Mera, par romântico de Jason Momoa, que dá vida ao protagonista da franquia, disse que estava “agendando ativamente o tempo para as filmagens”, até que a defesa de Depp a chamou de mentirosa quanto às suas alegações sobre os abusos que sofreu. Segundo ela, foi neste momento que as conversas sobre o filme pararam. 

“Recebi um roteiro e, em seguida, deram-me novas versões dele que tiraram cenas que tinham ação, que retratavam minha personagem e outro personagem, sem dar spoilers, lutando um com o outro, e eles basicamente tiraram um monte do meu papel”, contou Heard. “Eles apenas removeram um monte.”

A atriz apareceu pela primeira vez como a Princesa Mera rapidamente em “Liga da Justiça” (2017). Já em “Aquaman” (2018), ela assumiu um papel de coprotagonista, pelo qual ganhou U$S 1 milhão. Amber afirmou ter ganhado o dobro por “Aquaman 2“, apesar de ser uma versão bastante reduzida da personagem – relatos do começo do ano apontavam que ela aparece em apenas 10 minutos da produção. 

James Wan retorna como o diretor da sequência, após receber críticas sólidas pelo trabalho no filme anterior, que arrecadou mais de U$S 1 bilhão nas bilheterias mundiais. O novo longa, chamado oficialmente de “Aquaman and the Lost Kingdom“, está programado para chegar ao cinemas em 17 de março de 2023. Além de Heard e Momoa, o elenco conta também com Willem Dafoe, Patrick Wilson, Dolph Lundgren, Yahya Abdul-Mateen II, Temuera Morrison e Nicole Kidman.

Comentários

Topo