Menu Papel POP
Fotos: Divulgação

Jup do Bairro e Rashid participam de conversa sobre versos e rimas no Festival Mário de Andrade

Vamos falar de rimas e poesia? Acontece no próximo sábado (22), às 18h, mais uma edição do Festival Mário de Andrade. O evento, que rola na Praça das Artes, em São Paulo, terá uma conversa especial entre GOG e Rashid mediada por ninguém menos que Jup do Bairro. Juntos, eles devem discutir suas referências e processos criativos.

A entrada, como de praxe, é gratuita. Se liga!

Ao longo de três dias, a começar por esta sexta, o festival deve promover grandes encontros sobre literatura ao convidar nomes como Noemi Jaffe, José Miguel Wisnik, Ferréz e a atriz Isabel Teixeira, que interpretou Maria Bruaca na novela “Pantanal”.

Também estão previstos shows gratuitos dos cantores Marina Lima e Mateus Aleluia. Com tema “Literatura e Artes na Paulicéia 2022”, os eventos se dividem entre a Biblioteca Mário de Andrade, a Praça das Artes e a Praça Dom José Gaspar.

Também haverá feira de livros, das 10h às 18h, com a presença de grandes editores. Entre elas a Companhia das Letras, Melhoramentos, Fósforo e Tinta da China.

Vem ver só a programação!

Amor aos Livros
Para abrir a programação, a atriz Isabel Teixeira, que viveu Maria Bruaca em “Pantanal”, e a educadora Bel Santos Mayer conversam sobre o papel da leitura em suas trajetórias e o poder transformador dos livros.
Praça das Artes – av. São João, 281, Anhangabaú, região central. Sex. (21), às 19h. Grátis

Astrologia e Literatura
O compositor e professor José Miguel Wisnik e a poeta e astróloga Julia de Carvalho Hansen debatem sobre uma paixão em comum: a astrologia. Os artistas discutem sobre como a forma que essa ferramenta mística influencia suas criações.
Biblioteca Mário de Andrade – r. da Consolação, 94. Sáb. (22), às 15h30. Grátis

Escrever o Luto
Tomando como ponto de partida suas próprias obras, a artista visual e poeta Aline Motta e o escritor português José Luís Peixoto refletem sobre o luto na arte. A discussão busca tratar o tema como algo além de um assunto, como uma travessia literária. A mediação é de Noemi Jaffe, que escreveu o livro “Lili”, sobre o luto após a morte da mãe.
Praça das Artes. Dom. (23), às 14h. Grátis

Marina Lima
Após dois anos longe dos palcos, Marina Lima apresenta show com músicas que marcaram seus mais de 40 anos de carreira. A artista montou um repertório baseado na relação afetiva entre seus ouvintes e a música ao longo da pandemia.
Praça das Artes. Sex. (21), às 20h30. Grátis

Mateus Aleluia
Para encerrar as apresentações musicais dos três dias de festival, Mateus Aleluia apresenta uma combinação de canções inéditas e obras clássicas de sua carreira, como “Fogueira Doce” e “Cordeiro de Nanã”. Em suas músicas, o artista transita por temas da cultura afro-brasileira, do candomblé, da filosofia e do amor.
Praça das Artes. Dom. (23), às 19h. Grátis

Na Roda com Ferréz
O escritor e fundador do selo Literatura Marginal vai passar por uma sabatina feita por jovens monitores do Programa de Formação da Secretaria de Cultural de São Paulo. As perguntas irão abordar seu processo criativo, a prática da escrita e a rotina de escritores independentes no mercado editorial brasileiro.
Biblioteca Mário de Andrade. Dom. (23), às 16h. Grátis

Sarauzim
O espaço tradicionalmente ocupado por adultos será tomado por crianças, que vão poder ler e declamar poesias, além de cantar, dançar e se expressar artisticamente do jeito que preferirem. A apresentação vai permitir que meninos e meninas, acompanhados ou não dos pais, sejam o centro do espetáculo.
Biblioteca Mário de Andrade. Dom. (23), às 11h. Grátis

Slam SP
Outra linguagem literária efervescente que vai fazer parte do festival é o slam. O campeonato vai selecionar cinco poetas que participarão do Slam BR, o campeonato brasileiro da modalidade. A programação vai ter início na quinta (20), às 18h e às 20h. As apresentações seguem na sexta (21), às 16h, 18h e às 20h. As semifinais ocorrem no sábado (22), às 16h, 18h e às 20h. Já a final, que vai eleger o vencedor, está marcada para o domingo (23), às 17h.
Biblioteca Mário de Andrade, de quinta (20) a domingo (23)

Comentários

Topo