Menu Papel POP
Foto: Getty Images

Morre, aos 91 anos Jean-Luc Godard, ícone da nouvelle vague e do cinema francês

Morreu nesta terça-feira (13), na França, o cineasta Jean-Luc Godard. Ele tinha 91 anos e a informação foi confirmada pela esposa, Anne-Marie Mieville, à agência de notícias Reuters.

“Jean-Luc Godard morreu pacificamente em casa, cercado por entes queridos”, escreveu. A causa da morte não foi revelada.

Nascido em uma família de franco-suíços, Godard foi um dos grandes ícones do cinema mundial, tendo ganhado respeito e notoriedade ao se tornar um dos fundadores da chamada Nouvelle Vague. Esta foi uma das mais relevantes correntes do cinema internacional criada no fim dos anos 1950.

O estilo rompeu com a estética da época e revolucionou a forma de fazer filmes com diálogos existenciais, cortes bruscos e sessões de improviso.

Entre suas obras mais famosas estão “Acossado” (1960)” e “O Desprezo”, este último estrelado pela superestrela Brigitte Bardot. Outros títulos como “Viver a Vida” (1962), “O Demônio das Onze Horas” (1965), “Carmen” (1965) e “Adeus à Linguagem” (2014), vencedor do Prêmio do Júri do Festival de Cannes, também marcaram sua trajetória.

Em 2021, ele anunciou que tinha planos bastante concretos de se aposentar. Antes, no entanto, pretendia fazer outros dois filmes.

Comentários

Topo