Menu Papel POP
Foto: Reprodução/Instagram

Larissa Manoela detalha diagnóstico de endometriose e ovário policístico: “cheguei a cancelar gravações e ter desmaios”

MAIS SOBRE:

Na tarde de terça-feira (20), Larissa Manoela usou de suas redes sociais para compartilhar que, além de endometriose, também recebeu o diagnóstico de ovário policístico. Com a repercussão de seu tweet, a atriz publicou um vídeo em sua conta no Instagram para detalhar a descoberta.

Em um desabafo de 7 minutos, Larissa conta que recebeu muitas mensagens de carinho e que o novo diagnóstico foi percebido durante um ultrassom feito em decorrência ao tratamento de endometriose.

“Conversando com as minhas amigas, entendi que minha cólica era diferente da delas. Eu tinha muitas dores, em um nível que parecia que tinha um dinossauro comendo o meu útero. Cheguei a cancelar gravações, ter desmaios. Comecei a entender que tudo fazia sentido, meu corpo estava dando sinais”, contou

Ela diz que a decisão de compartilhar a situação tem o objetivo de alertar e ajudar outras mulheres: “Quero incentivar vocês a fazerem suas consultas ao ginecologista, conversem com suas amigas, com seus pais. Me senti na obrigação de vir aqui esclarecer como eu estou e torço que após esse meu relato muitas mulheres passem a tomar conhecimento sobre essas duas doenças que eu também estou aprendendo a conhecer”.

“Estou muito feliz de ter me sentido segura de falar sobre isso, e principalmente, de receber ajuda e relatos de gente que assim como eu, é portadora de endometriose e ovário policístico”.

Veja o depoimento na íntegra:

O que é a síndrome do ovário policístico?

Se tratando de uma alteração endocrinológica que atinge de 6 a 10% das mulheres que ainda estão no período fértil, a síndrome do ovário policístico (SOP) causa a interrupção da menstruação e um aumento significativo de alguns hormônios.

Com causa desconhecida, o crescimento acelerado de pelos no corpo, pele oleosa, perda de libido, dificuldade para engravidar ou infertilidade, também são alguns dos efeitos característicos da síndrome.

Comentários

Topo