Menu Papel POP
Foto: Divulgação

Anitta reafirma que não é petista após apoio a Lula e proíbe PT de usar sua imagem

Anitta usou as redes sociais no final da tarde deste sábado (16) para reafirmar que não é petista e aproveitou a oportunidade para chamar atenção do Partido dos Trabalhadores e seus pré-candidatos. Recentemente, a artista declarou seu apoio ao candidato Lula para a presidência da República, nas eleições deste ano, em outubro.

“Atenção candidatos do PT, atenção partido PT. Eu não sou uma apoiadora do PT e não sou petista. Não autorizo o uso da minha imagem para promover este partido e seus candidatos”, escreveu a brasileira.

O longo desabafo da cantora vem horas depois dela mesma ter postado fotos nos bastidores do Lollapalooza Paris (onde se apresentou neste sábado), usando um figurino com as cores do Brasil e fazendo um L com suas mãos. Veja aqui:

A voz de “Envolver” seguiu explicando sua escolha em declarar seu voto ao ex-presidente: “Minha escolha nessas eleições foi de trazer engajamento e mídia para a pessoa que tem maior chances de vencer Voldemort nessas eleições. Depois de muitas pesquisas, a conclusão é de que essa pessoa é o Lula.”

Anitta citou o vilão da saga Harry Potter para se referir a Jair Bolsonaro, atual presidente do País.

“E o que vou fazer daqui em diante é usar minhas plataformas no que eu puder ajudar para trazer mais visibilidade a ele com a propósito de não termos novamente Voldemort na presidência. Que isso fique bem claro. Meus ideais políticos e as coisas que eu acredito ficaram para as próximas eleições”, continuou.

Na sequência, a estrela reafirmou seu posicionamento nas eleições de 2022.

“Este ano meu foco é fazer minha parte para não dar brecha a esse possível pesadelo de reeleição. Não usem meu nome e minha imagem para promover a candidatura e o partido de vcs por q quem usar vai tomar logo um forão. E pode me xingar a vontade q eu não sou de ir junto com a manada, não. Eu só faço o que eu quero a hora que eu quero. Depois, vou estudar os candidatos a governador, deputados etc, e tirar minhas próprias conclusões”, disparou.

Veja aqui a thread postada pela dona de “Versions of Me“:

Comentários

Topo