Menu Papel POP
(Reprodução/Instagram)

“A Mulher da Casa Abandonada”: Instituito Luisa Mell resgata animais de residência e revela desdobramento do caso

O podcast do momento ganhou um novo desdobramento na manhã deste domingo (3)! A equipe do Instituto Luísa Mell entrou no território da mansão abandonada no bairro de Higienópolis, em São Paulo, para o resgate de alguns animais. O local ficou conhecido Brasil afora pelo podcast “A Mulher da Casa Abandonada“, do jornalista Chico Felitti, e agora ganhou um novo desdobramento: a mulher não ocupa mais a casa.

Alguns cachorros foram resgatados e exames foram feitos para concluir se houve abandono ou não. A ativista Luisa Mell não estava presente, assim como Margarida Bonetti, personagem principal do podcast. Segundo a equipe de resgate, a moradora abandonou a mansão: “A casa está não somente insalubre, como com um cheiro terrível. E a dona foi embora! Vamos averiguar a saúde dos animais e entender se há abandono”.

Confira:

Segundo o delegado Bruno Lima, que fez uma aparição nos Stories do Instituto, a Vigilância Sanitária e o Controle de Zoonoses também foram convocados para checar o local. “Falamos com vários vizinhos aqui do entorno, isso aqui é um problema antigo no bairro. Isso é um celeiro de doenças, na verdade, é um problema de zoonose, vigilância sanitária”, disse

“A Mulher Da Casa Abandonada”

O mais novo podcast do repórter Chico Felitti, feito para a Folha de S.Paulo, narra a vida da figura misteriosa que se apresenta como Mari. Vivendo em uma mansão em estado obsoleto no bairro de Higienópolis, com uma camada de pomada na cara, a mulher esconde a acusação de ter cometido, há 20 anos, um dos crimes mais hediondos nos Estados Unidos.
A produção estreou no início de junho e, com novos episódios sendo liberados semanalmente, sempre às quartas-feiras, nas plataformas digitais, virou um sucesso. Desde seu lançamento, conquistou a atenção do público, que comenta muito nas redes sociais, e chegou ao topo da parada de podcasts do Spotify.

Comentários

Topo