Menu Papel POP

Diretor de “Esquadrão Suicida” diz que finalizar nova versão do filme seria fácil e catártico

David Ayer voltou a falar sobre a nova versão de “Esquadrão Suicida“. De acordo com o diretor, seria fácil finalizar o corte dele do filme para mostrar várias ideias e criações que ficaram de fora por causa de ordens do estúdio.

“Meu corte seria fácil de completar. Seria incrivelmente catártico para mim. É exaustivo trabalhar tanto em um filme que teve o tratamento de Edward Mãos de Tesoura. O filme que eu fiz nunca foi feito”, comentou o artista pelo Twitter na última segunda-feira (25).

O novo comentário de Ayer veio em resposta a uma publicação de Steven Weintraub, jornalista da Collider, que defendeu a disponibilização de outro corte do filme no HBO Max, assim como a versão de Zack Snyder para “Liga da Justiça”.

No final de semana, o diretor já tinha dito que a versão dele de “Esquadrão Suicida” estava praticamente completa, com exceção dos efeitos especiais. Na época, a hashtag #ReleaseTheAyerCut (lancem a versão de Ayer, em português) começou a subir no Twitter.

Vale lembrar que um reboot do filme está sendo dirigido por James Gunn. Aliás, no fim de fevereiro, foi confirmado que as gravações do longa haviam sido concluídas. O projeto deve chegar aos cinemas em agosto de 2021.

Comentários

Topo