Menu Papel POP

Artistas que prometem em 2019!

Todo ano aparecem vários artistas que se destacam ou que chegam devagarinho para estourar depois de um tempo. Lorde, ANAVITÓRIA, Mallu Magalhães, Pabllo Vittar, por exemplo, já foram artistas revelação um dia. Às vezes tem alguém que você olha e pensa: “essa pessoa será muito famosa um dia” e BAM! Acontece mesmo!

Desta forma, a gente resolveu listar alguns artistas da música, do cinema e até do mundo das artes que, em maioria, ganharam visibilidade em 2018 e que têm tudo para fazer ainda mais sucesso em 2019!

Samuel D’Saboia (Sarmurr)

Samuel é um pintor recifense de 21 anos. Ele expôs em Nova York a série Belas Feridas, inspirada pela morte de cinco amigos seus. Começou a pintar muito novo, aos 12 anos, e entrou na faculdade de Arquitetura e Urbanismo aos 14. Após dois anos ele largou a faculdade, vendeu umas 20 telas suas e conseguiu ir pros EUA.

Expôs em NY, Portugal e Paris! Um sucesso na arte, um orgulho pra nós brasileiros. Demais, né?

A arte de Sarmurr é intensa, representativa e plural. Belas Feridas, por exemplo, dialoga com amor, violência, genocídio e afeto. Mas além dos quadros, ele já trabalhou com audiovisual, e até mantinha um blog onde entrevistava outros jovens artistas que tratavam de temas como corpos negros, a identidade queer, a juventude contemporânea.

Sarmurr se destoa da arte tradicional e conservadora. Ele próprio não quer estar nela. O pernambucano encontra conforto na arte e é até uma experiência espiritual para ele.

Em entrevista, disse:

“Não existiria arte no Brasil sem a presença negra, não existiria arte no mundo sem a presença negra. Não existiria Picasso, não existiria Matisse. Temos passados por processos mais explanatórios, mas até pouco tempo atrás, a relação arte e pessoa negra no Brasil foi abusiva. Outras pessoas contando nossas histórias, se apropriando da nossa fruta sem querer o caroço. Essa importância sempre existiu porque a arte como fator cultural define a imagética e pensamentos coletivo de um povo, de uma nação, de uma tribo. O que necessita é a troca de palanque, ou um rodízio. Já deu de pintura de escravo, quero ver rostos pretos sentados no trono.”

View this post on Instagram

Obeying – 1×1 (Vendida)

A post shared by Samuel de Saboia (@samueldesaboia) on

 

Masego

Masego é um artista da Jamaica e seu estilo de música é um mix de Jazz, Trap e House. Seu primeiro álbum, Lady Lady, foi lançado em setembro de 2018. Além de Lady Lady, ele tem dois EPs chamados Loose Thoughts e The Pink Polo.

Sua apresentação da música Navajo no canal Colors tem mais de 23 milhões de visualizações! Pega esse lacre:

Incrível!

Se ficou com gostinho de quero mais, se joga no álbum do cantor:

 

Kiernan Shipka

Kiernan certamente brilhou em 2018 com seu papel da bruxinha Sabrina Spellman.

Além de ser linda, ela é fofa, carismática e super talentosa!

Ela já participou da série Mad Men e dos filmes O Jardim dos Esquecidos, February e Um e Dois com Timothée Chalamet (que também estará na lista).

Mas, em 2018, Kiernan brilhou e agora em 2019 queremos ver ainda mais dessa linda!

 

Donas

Elas são donas dos nossos corações, mentes e almas. Donas vieram botando para quebrar e prometem MUITO em 2019.

Se não tiver Donas bombando no Carnaval com Dois Trabalhos, eu nem saio de casa! Bora ouvir o hino:

“Eu quero que você se exploda e que a minha bunda cresça” melhor letra, quem concorda respira!

Lindas, empoderadas e poderosas!

Elas até participaram do PapelPop Mais, vocês viram?

Tá esperando o que para dançar muito ao som dessas lindas? Se joga!

 

Fernanda Pizzuti

A cantora gaúcha Fernanda Pizzuti também esteve no PapelPop Mais e ela veio para ficar!

Olha só essa música que HINO:

Queremos álbum na nossa mesa em 5 minutos!

 

Kiana Ledé

View this post on Instagram

You don’t even know

A post shared by Kiana Ledé (@kianalede) on

Kiana ficou conhecida por interpretar a Zoe na série Scream e a Veronica em All About The Washingtons.

Ela lançou seu primeiro álbum de estúdio em 2018 e está um hinário puro.

I DON’T WANNA BE YOUR EEEX!

Calma que tem mais música chiclete e boa pra caramba:

Vem ouvir Selfless, seu disco, aqui:

 

Baco Exu do Blues

Vamos combinar que 2018 já foi um ano bem importante para Baco. Ele, além de ter trocado mensagens com Beyoncé, lançou no dia 23 de novembro seu segundo álbum de estúdio, Bluesman.

Com uma sonoridade mais madura e cheia de temas importantes como racismo, solidão e saúde mental de um homem negro, Baco mostra que seu sucesso está só começando!

Um dos melhores álbuns do ano, sem dúvida! 2019 é todo seu, Baco!

 

Joy Crookes

Fãzoca de Frida Kahlo, Joy Crookes é uma inspiração às mulheres do mundo todo com suas letras feministas e fortes. Lançou seu primeio EP no início de 2018 e mostrou que sua trajetória na música está só começando!

A música Power é um tiro no peito de tão boa e com letra sensata. “Você é um homem em uma missão, mas parece que esquece que veio para cá através de uma mulher. Mostre alguma merda de respeito.” Em outras palavras: respeita as minas!

Olha só que mulher maravilhosa:

E que voz! Lembra um pouquinho a sonoridade da Amy Winehouse <3

 

Ama Lou

View this post on Instagram

Ken Barbie On @colorsxstudios 🍿

A post shared by Before It Was Knew (@amaloumusic) on

Ela tem apenas 18 aninhos e um talento imensurável. Ama Lou do norte de Londres e lançou seu EP de estreia chamado DDD (Dawn, Day, Dusk) em março deste ano. DDD é um projeto conceito que traz três faixas que são acompanhadas por três vídeos.

Olha só:

Esse mini longa foi dirigido e co-produzido pela própria artista.

Envolta por R&B carregado de influências eletrônicas e atuais, as músicas de Ama lembram um pouco Jorja Smith (que até já fez turnê juntas) e Mabel.

ESSA MÚSICA. ESSE CLIPE! AAA <3

Ela até já fez uma aparição no canal do Youtube Colors que é requisitadíssimo:

 

King Princess

View this post on Instagram

;)

A post shared by mr queen teva supreme (@kingprincess69) on

Sem medo de falar sobre sua sexualidade, King Princess (Mikaela) escreve e canta abertamente sobre seu amor às mulheres.

2018 foi um ano bem importante para ela, uma vez que assinou contrato com Mark Ronson e viu suas músicas ganhando cada vez mais popularidade!

O clipe de Talia é dirigido e editado por mulheres (sua namorada Amandla Stenberg inclusive) e mostra KP sofrendo/pensando em uma mina que sente falta e a personalização dessa mina está numa boneca inflável. King Pincess a trata com respeito e até humaniza o objeto inanimado que sempre foi visto como objeto sexual.

Ela até foi convidada pelo Genius para explicar a letra de seu hino sapatão, 1950.

Seu último clipe lançado foi para o single Pussy Is God, já ouviu?

Enquanto seu novo álbum não chega, bora ouvir Make My Bed, lançado no começo do ano.

 

Jessie Reyez

Jessie, além de ter se apresentado no VMA deste ano, fez parcerias com artistas importantes musicalmente falando, como Eminem, Sam Smith, Normani e Chris Brown. Ela lançou seu segundo álbum em 2018 e recebeu várias críticas positivas.

Além de fazer música boa, Jessie faz clipes bem expressivos, saca só:

Jessie passa por um momento bem terrível (diga-se de passagem) ao ser presa numa árvore e queimada viva no clipe de Body Count. Cheia de simbolismos!

Já o clipe de Apple Juice é bem mais tranquilinho:

Bem poético e vintage este, né?

Estamos ansiosos por o que está por vir na carreira de Jessie!

 

MC Tha

mc-tha

Mais uma artista brazuca para ficar de olho em 2019. A funkeira MC Tha mistura sensualidade, poesia e ritmo da periferia. Ela ficou mais conhecida com a música Céu Azul com o Jaloo!

Ela é de Cidade Tiradentes, bairro da extrema Zona Leste de São Paulo. Thais da Silva começou a cantar bem novinha nos bailes funks de sua quebrada, e, hoje, aos 24 anos, já estudou jornalismo e percorreu muito até chegar onde chegou.

Também tem músicas poderosíssimas como Valente e Bonde da Pantera.

AAAAA <3

Em Valente, Tha explora outras facetas da música e nos prova que dá para dançar muito até o chão com todas!

Também lançou versão acústica de seus grandes hits:

Esse compilado de canções acústicas fazem parte do seu EP Versões! É um ciclo que representa seu trabalho nos últimos quatro anos:

Queremos muitos mais, Tha!

 

Timothée Chalamet

Como publicamos aqui, Timothée é o novo reizinho de Hollywood. E, convenhamos, ele é mesmo um talento que precisa ser celebrado. A imprensa internacional chega a dizer que Chalamet é o ator mais representativo de sua geração. Já foi dito também que ele traz charme retrô, meio James Dean, misturado com a autenticidade, honestidade e verdade que os jovens de sua idade trazem para o mundo.

Só em 2017 Timothée estrelou em dois grandes filmes aclamados pela crítica, Me Chame Pelo Seu Nome e Lady Bird. Já no finalzinho de 2018, apareceu nas telonas novamente no sensível Beautiful Boy, adaptação do livro Querido Menino.

Mas o ator já participou de Interestelar, Um e Dois, Hot Summer Nights, O Natal dos Coopers e muito mais.

A gente, com certeza, espera ver mais dele em 2019!

View this post on Instagram

💥💥💥 @roms19

A post shared by Timothée Chalamet (@tchalamet) on

 

Letitia Wright

View this post on Instagram

last shoot of 2018 by @charlottehadden 🧡🧡🧡

A post shared by letitiawright (@letitiawright) on

Letitia Wright ganhou mais destaque após o filme Pantera Negra, que quebrou recordes e as estruturas de Hollywood. Umas das falas mais memoráveis do filme são de sua personagem, Shuri. “Não me assuste assim, colonizador!”

A atriz de 25 anos, que trouxe a mistura perfeita de perspicácia, coragem e humor para o papel vial como a irmã de T’Challa, se tornou uma das nossas princesas favoritas da Disney.

Já viram o episódio Black Museum, da 3a temporada de Black Mirror? Então, Letitia o protagoniza e nos encantou desde sua primeira aparição na telinha.

Também esteve nos filmes Jogador Nº 1 e O Passageiro. Atualmente ela está trabalhando na adaptação do livro Hold Back The Stars, que iria co-estrelar com John Boyega!

Só brilha, mulher!

View this post on Instagram

first Emmys complete 🙏🏾 God is good!

A post shared by letitiawright (@letitiawright) on

 

Kelsey Lu

View this post on Instagram

Maneuvering the Devil Daily

A post shared by LU (@iamkelseylu) on

Após lançar seu primeiro álbum, Church, e colaborar com grandes nomes como Kelela, Blood Orange e Solange, Kelsey está de volta com novas músicas e mandou avisar que 2019 é dela, também!

Com um hiato de dois anos, Kelsey lançou Shades of Blue e Due West (músicas que ganharam até clipe!).

Nesta obra-prima cinematográfica, Kelsey performa a poesia delicada em uma paisagem verde, fresca e natural onde a sincronia da dança faz jus à mensagem da canção.

O clipe de Shades Of Blue é hiper delicado, poético e azulado.

A música é intensa, chega até o âmago e emociona qualquer pessoa. Estamos sem fôlego com uma clipe + música dessas!

Sério, que vontade de chorar e abraçar esta mulher!! É muita música maravilhosa para uma pessoa só <3 AAAAA! OUÇAM!

 

Cais

View this post on Instagram

“eu não te amo mais e isso é tão bom” 🌊💙 alivio, superação e liberdade, três sentimentos que nascem depois do luto de um fim de relacionamento. é o momento de reencontrar, se reconectar, se enxergar no espelho sem nenhuma interferência. sentimentos que só o ‘não-amor’, pós amor findado, consegue nos trazer. é respiro pós sufoco. é abraçar o novo. gravado em Manaus, o clipe da música mescla cenas comuns da comunidade LGBT local e a performance do duo que, pela primeira vez, aparece num videoclipe. assista, compartilhe e ouça muito. #caismusica fica técnica: direção e fotografia: fábio lamounier e rodrigo ladeira (Doma 02) elenco: ariel saab, allex mendonça, ezequiel epauchner, joão moita, paula lopes, adriana simonetti, luana aleixo, paula adriane, peo tavares, fábio lamounier, rodrigo ladeira, letícia gomes concepção roteiro: doma 02 montagem e cor: doma 02 composição: fábio lamounier e peo tavares produção musical e mixagem: rafael paiola agradecimentos: augusto paz e renan menegazzi

A post shared by cais (@caismusica) on

Cais é um duo brazuca composto por Peo Tavares e Fábio Lamounier. Lançaram seu debut single em setembro com o clipe de Estrada, e a canção destila em poesias as coisas boas e os desprazeres de amores passageiros. O clipe mostra as indas e vindas de um jovem casal gay recém-separado. É lindo, lindo!

Já em novembro, lançaram a música com ritmos oitentistas Eu Não Te Amo Mais. É aquele alívio e liberdade que a gente gente quando supera o ex, sabe?

O clipe foi gravado em Santa Catarina, olha só que fotografia linda:

É um hino de amor próprio e plenitude em estar no próprio corpo.

 

Lana Condor

Lana Condor tem apenas 21 aninhos e já está conquistando a indústria cinematográfica. Ela estrelou o filme de romance adolescente chamado Para Todos Os Garotos Que Já Amei e foi um sucesso da Netflix! E o filme foi tão bem recebido que terá uma sequência, UHU!

Adoramos a amizade de Lana com Noah Centineo <3

View this post on Instagram

Tell me about it stud

A post shared by @ lanacondor on

A atriz também participou de X-Men: Apocalipse e o longa Um Amor Perigoso.

Queremos muito mais da Lana neste ano e teremos: ela estará em Alita: Anjo de Combate e na série Deadly Class.

 

Ava Max

Ava Max conquistou nossos corações com Sweet But Psycho, mas a cantora vem investindo no seu trabalho há tempos! Fez uma parceria com o David Guetta chamada Let It Be Me, Clap Your Hands com Le Youth e Make Up com Jason Derulo. Ava também lançou os singles My Way e Slippin.

Sweet But Psycho está na posição #17 do TOP 50 Global, no Spotify, e é #1 na Noruega, #2 na Suécia e número 3 na Inglaterra. Demais, né? O clipe da música tem mais de 33 milhões de visualizações no YouTube <3

 

Okay Kaya

Já ouviu a palavrinha de Okay Kaya hoje? Se não… vem com a gente!

Ela lançou seu primeiro álbum, Both, em 2018 e queremos ver 2019, 2020, 2021… tudo dela!

Sua voz é suave, suas músicas tem batidas leves e viciantes.  Ela é daquelas artistas que você ouve e pensa: “Nossa, merece mais reconhecimento!” E esperamos que ela faça sucesso no próximo ano <3

 

H.E.R

View this post on Instagram

🕶

A post shared by H.E.R. (@hermusicofficial) on

2019 já é dela: com CINCO indicações ao Grammy, H.E.R (Having Everything Revealed), ou Gabi Wilson, é uma cantora estadunidense da Califórnia e lançou seu primeiro álbum em 2017. Desde então, lançou alguns EPs nomeados H.E.R Volume 1 e 2 e I Used To Know Her: The Prelude.

Daniel Caesar, que é outro artista incrível que merece sua atenção, fez uma colaboração com a cantora na música Best Part e é, com certeza, uma das músicas mais lindas que você vai ouvir:

Sério, que collab é essa? <3

Vem ouvir os últimos lançamentos de H.E.R:

ELA MERECE O MUNDO!

 

Jorja Smith

Jorja encantou muita gente com seu primeiro álbum Lost & Found, lançado este ano. Encantou até a Academia de Artes pois está está concorrendo ao Grammy como Artista Revelação e, com certeza, terá muito mais sucesso vindouro em 2019!

 

Chloe X Halle

Elas são irmãs e muito talentosas. Foram indicados ao Grammy 2019 de Melhor Artista Revelação e Melhor Álbum Contemporâneo. Independente disso, elas brilharam no ano passado e devem brilhar ainda mais em 2019.

Lançaram uma Mixtape, The Two Of Us, em 2017, e já em 2018 veio seu 1o álbum de estúdio, The Kids Are Alright.

Afrontosas & maravilhosas, Chloe e Halle marcaram presença no programa do Jimmy Fallon poucos dias atrás, saca só:

Vamo enaltecer essas lindas? VAMO!

 

Luísa Sonza

View this post on Instagram

👄

A post shared by Luísa Gerloff Sonza (@luisasonza) on

Dá para acreditar que Luísa Sonza tem só 20 anos e tudo isso de sucesso? Luísa bombou com os hits Devagarinho e Boa Menina e com certeza veremos ainda muito mais dela nos próximos anos  <3

Ela é linda nos clipes, pessoalmente, em todo lugar. Brilha muito!

A gaúcha também está na trilha sonora de Wi-fi Ralp com a música Esse é o Lugar!

 

Tessa Thompson

View this post on Instagram

420 by @shelbyduncan

A post shared by Tessa Thompson (@tessamaethompson) on

Tessa já atuou em filmes, séries e videoclipes aclamados pela crítica nos últimos 12 meses, garantindo sua aparição nesta lista. Em 2019 Tessa estrela em Creed II e MIB: Homens de Preto – Internacional. Queremos muito ver ambos!

Em 2018, Tessa brilhou no clipe de Pynk de Janelle Monáe e no filme Sorry To Bother You (que gravou na mesma época de Thor: Ragnarok).

2019 será um ano maravilhoso para Tessa, temos certeza!

 

Rosa Salazar

Rosa é uma atriz americana de 33 anos que já fez filmes como Maze Runner e Divergente: Insurgente. Seus trabalhos mais recentes são Bird Box (!!) e Alita: Anjo de Combate que irá estrear em fevereiro de 2019!

 

Giulia Be

View this post on Instagram

be like 👽

A post shared by GIULIA BE (@giulia) on

Dona de uma voz potente, a cantora carioca promete conquistar os corações não apenas com o seu pop progressivo, de qualidade e dançante, mas, também por todo seu carisma e estilo únicos.

Giulia Be planeja sua estreia para os próximos meses e já colhe os frutos do lançamento de With You, uma faixa do Zerb, distribuída pela Warner Music Group.

Vem ouvir este hino com a gente:

 

Jão

View this post on Instagram

👅

A post shared by Jão (@jao) on

Jão lançou seu primeiro disco em agosto de 2018, Lobos, e só vamos dizer que é um estouro!

Imaturo e Vou Morrer Sozinho é a balada do jovem contemporâneo que sofre por crushs não correspondidos e que tem medo angustiante da solidão.

Tem como não se identificar com esses dilemas? Haha

 

Duda Beat

Recifense, Duda lançou seu primeiro álbum, Sinto Muito, em 2018, onde a cantora e compositora mistura pop, reggae, dub e brega com muita sofrência!

Todo Carinho, Bixinho, Bédi Beat, Egoísta, são algumas músicas que entram na gente e tocam lá dentro. Não saem mais e nos ensina a pegar toda nossa dor (principalmente vinda de relacionamentos) e transformar em empoderamento e dança <3

 

Quais desses vocês vão acompanhar agora em 2019?

Comentários

Topo