Menu Papel POP
Este é o primeiro trabalho de Britney após o fim da curatela (Getty Images)

Britney Spears está livre! Justiça norte-americana determina o fim da curatela

Uma audiência realizada nesta sexta-feira (12) em Los Angeles, nos Estados Unidos, decretou o fim da curatela sob a qual Britney Spears vivia desde 2008. Após quase 14 anos de acordo judicial, a Princesa do Pop está finalmente livre.

A determinação da juíza Brenda Penny seguiu-se a remoção de Jamie Spears, pai de Britney, da curatela em setembro. Ele foi substituído pelo contador John Zabel, que supervisionou as decisões financeiras da artista até as atuais etapas do processo.

A saída de Jamie constituiu uma vitória para Britney após uma longa batalha nos tribunais. Durante os 13 anos de curatela, ele tinha controle sobre a vida e a carreira milionária da filha, que foi considerada incapaz de conduzir suas atividades básicas.

A cantora e compositora depôs à Justiça norte-americana em junho, solicitando a suspensão do pai, classificando a curatela como “abusiva” e se revelando “traumatizada”. “Eu só quero a minha vida de volta”, afirmou Britney na ocasião.

O caso foi chamando a atenção do público desde 2008, mas o movimento em defesa da estrela pop e a pressão dos advogados ganharam força nos últimos meses. O processo até virou tema de documentários como “Framing Britney Spears” e “Britney vs. Spears” nas plataformas de streaming Hulu e Netflix.

De acordo com a revista Variety, audiências adicionais foram marcadas para 8 de dezembro e 19 de janeiro devido a algumas pendências de questões financeiras e ao envolvimento de Zabel. Isso faz parte do encerramento da curatela.

Saiba mais:

Comentários

Topo