Menu Papel POP

“Sinto que tenho o poder de fazer as pessoas se sentirem mais atrevidas através das minhas músicas!”, conta Mabel ao Papel Pop

MAIS SOBRE:

Que a britânica Mabel faz pop de qualidade não é novidade para ninguém! Então, com o lançamento do single “Let Them Know”, as expectativas altas foram encontradas já que a artista entregou o que canta de melhor: confiança, atitude e diversão. “Sinto que tenho o poder de fazer as pessoas se sentirem mais atrevidas através das minhas músicas!”, contou Mabel ao Papel Pop. O single é uma reflexão sobre os temas geracionais da dance music, liberdade e inclusão. De acordo com a cantora, a música é dedicada a qualquer pessoa que já sentiu medo de ser realmente ela mesma. Vem conferir o clipe divertidíssimo da faixa:

Aos 24 anos de idade, Mabel levou o prêmio de Melhor Artista Solo de 2020 no Brit Awards, que concorria com  Charlie XCX, Mahalia, Freya Ridings e FKA Twigs. Quando o assunto é colaborações, a cantora já participou de projetos com  AJ Tracey, Clean Bandit and 24kGoldn, e seu disco de lançamento, High Expectations (2019), conquistou o terceiro lugar nas paradas britânicas. É o poder! Seu segundo disco ainda está em desenvolvimento e sem data de lançamento marcada, mas o padrão indica que vem mais coisa boa por aí! 

 

O Papel Pop teve a oportunidade de conversar (mais uma vez!) com a artista que, por mais confiante que pareça nos clipes e eventos, se prova uma verdadeira introvertida na vida real! Confira a entrevista na íntegra abaixo:

 

PP: Vou direto ao ponto: “Let Them Know” ‘é tão BOA! Tive a chance de te entrevistar no ano passado e você havia me dito que estava fazendo as melhores músicas da sua vida até então e que tinha encontrado uma confiança que não sabia que tinha! Pra mim “Let Them Know” traduziu tudo isso sem deixar um pingo de dúvida! O single é carismático, tem vibes disco, do início dos anos 2000 e tudo pra inaugurar essa nova era com muito bom gosto! Conta pra gente como foi o processo de desenvolvimento dessa nova era e como “Let Them Know” se encaixou nele! 

Mabel: Muito obrigada! Fico bem feliz que você gostou, e honestamente? O que eu queria com esse single era animar as pessoas. Tanta coisa ruim aconteceu nesse último ano e a nossa vida mudou tanto em pouco tempo que isso me fez querer fazer músicas para celebrar a vida e os outros e ser nós mesmos! E particularmente, eu passei por um processo de crescimento e autoconhecimento que toda mulher de 20-25 anos passa e quis celebrar a liberdade desse processo por meio de “Let Them Know”. A mensagem da música é basicamente sobre ser você mesma e se permitir. 

 

PP: Ainda sobre o single, eu preciso saber de quem foi a ideia de colocar a pausa não tão  antes do “bitch”. Porque olha… A primeira vez que eu ouvi, eu surtei um pouquinho com a genialidade da coisa! [Risos]

Mabel: [Risos] Fui eu! Foi uma daquelas músicas que eu fiquei empacada no processo de escrita por um tempão e de repente as coisas começam a andar e em questões de minutos a letra da música está pronta! Fico feliz que você gostou especificamente dessa parte porque a faixa realmente tem um senso de humor nela que eu acho tão importante nessa fase da vida como pessoa e profissional mesmo.   

 

PP: E esse senso de humor é traduzido no clipe também, né?

Mabel: Sim! Eu sempre fui uma compositora bem visual e sei que gosto muito de uma música quando eu já imagino o clipe na minha mente! Eu sempre tive isso, mas estava faltando uma certa confiança em mim para eu me expressar tão abertamente, sabe? Assim que eu me permiti e entendi que a confiança é além do “se sentir bem o tempo todo” e mais sobre tomar riscos e se impor, eu me libertei criativamente. E deu medo! Não foi algo simples pra mim [risos]. Eu sou extremamente tímida e no clipe estou fazendo o papel de uma personagem! Aquela não sou eu! Eu sou uma nerd que fica debaixo das cobertas lendo livros [risos]. Existe algo sobre entender que nós não somos feitos para agradar a todos que é muito poderoso! Eu gosto de me apresentar e de ser essa personagem em clipes e apresentações, mas por muito tempo não me permitia porque tinha medo do que os outros achariam, já que essa não é a minha natureza de ser, mas me libertei disso e estou me divertindo muito com as consequências.

 

PP: Os elementos disco do single nos remetem muito a um pop que considero distintivamente britânico. Você enxerga essa diferença quando comparado com o pop norte-americano? 

Mabel: A magia do contexto musical atual na minha opinião está no fato de que não temos mais que classificar e delimitar os gêneros das músicas. Concordo quando você diz que em “Let Them Know” existem alguns elementos característicos britânicos mas também a grande porção do projeto faz parte de uma cena musical muito mais ampla, que é a dance music que afetou a cultura pop de maneiras que muitas pessoas não conhecem – através da cultura vogue, da ballroom culture! Eu venho de uma referência musical mais focada no R&B, então quis me diversificar ainda mais nesse aspecto também. Quero que a minha música reflita na minha essência musical que é diversa. 

 

View this post on Instagram

 

A post shared by M a b e l (@mabel)

PP: Preciso de spoilers sobre o novo álbum! Qualquer coisa! Posso assumir que o nome do álbum é “About Last Night” ou não sou tão esperta assim? [Risos]

Mabel: [Risos] Com lançamentos de discos assim, as coisas mudam muito rápido! Você nunca sabe! Mas o que eu posso te dizer é que eu estou de volta, estou pra ficar e existe um plano! Estou bem animada para o que vem aí e tudo está bem planejado, com uma mensagem bem desenvolvida e é! Estou pronta para essa nova era e estou levando um dia de cada vez.

 

PP: Descreva o novo disco  em três palavras!

Mabel: Eufórico. Confiante. Uma festa! 

 

Comentários

Topo