Menu Papel POP
Ator intepretou o personagem Ciborgue em "Liga da Justiça" (Reprodução)

Ray Fisher, de “Liga da Justiça”, diz que não fará filmes com presidente da DC Films

Nesta quarta-feira (30), o ator Ray Fisher, que viveu o personagem Ciborgue em “Liga da Justiça”, fez criticas abertas ao diretor da DC Films, Walter Hamada. Em postagem no Twitter, Fisher disse que não participará de novos projetos que estejam ligados à Walter [Via Deadline].

“Walter Hamada é o tipo mais perigoso de facilitador. Suas mentiras, e o contato de 4 de setembro da assessoria de imprensa da Warner Bros, pretendiam prejudicar as questões reais por trás da investigação sobre ‘Liga da Justiça’. Não participarei de nenhuma produção associada a ele”.

O comentário veio após o jornal The New York Times ter publicado uma matéria sobre os próximos planos de Hamada para a DC Films.

Após a saída de Zach Snyder de “Liga da Justiça”, Joss Whedon assumiu como diretor e foi posteriormente acusado de ter tido uma postura abusiva com a equipe. Em julho, Ray postou em seu twitter que “o tratamento de Joss Wheadon com elenco e a equipe era nojento, abusivo, pouco profissional e completamente inaceitável”.

Em setembro, o ator Jason Momoa, que interpretou Aquaman, reforçou as opiniões de Fisher. “Essa merda tem que acabar e precisa ser investigada”, escreveu. “Ray Fisher e todos os outros que passaram pelo que aconteceu sob a tutela da Warner Pictures precisam de uma investigação legítima”, disse Momoa no Instagram.

Comentários

Topo