Menu Papel POP
Os dois namoraram entre 2018 e 2019 (Reprodução)

FKA twigs desabafa sobre relacionamento abusivo com Shia LaBeouf: “Foi difícil processar”

Após a divulgação da notícia de que estaria processando Shia LaBeouf por agressão e abuso sexual, FKA twigs surgiu no Instagram na noite da última sexta-feira (11) para fazer um desabafo sobre o relacionamento que teve com o ator.

“Pode ser surpreendente para vocês que eu estive em um relacionamento emocional e fisicamente abusivo. Para mim também foi difícil processar. Durante e depois, nunca pensei que algo assim aconteceria comigo”, contou a artista.

No post, ela ainda disse que decidiu expor os abusos que sofreu porque percebeu que era importante conversar sobre o assunto e “tentar ajudar as pessoas a entenderem que, quando você está sob controle coercitivo de um agressor ou em um relacionamento violento com seu parceiro, terminar não parece uma opção segura ou alcançável”.

“Espero que, compartilhando a minha experiência, eu possa realmente ajudar outras pessoas a sentirem que não estão sozinhas e lançar alguma luz sobre como aqueles que se preocupam com alguém que possa estar em um relacionamento abuso podem colaborar”, acrescentou antes de comentar que sabe como tal situação pode ser confusa, já que costuma ser difícil saber como agir nesses casos.

A artista ainda aproveitou a oportunidade para lembrar que as estatísticas em relação à violência doméstica e abusiva nos relacionamentos são chocantes. “Durante o período de Covid-19, tenho ficado muito ansiosa porque sei que muitas vítimas estão literalmente presas com os próprios agressores, sem nenhum alívio ou maneira de escapar.” É por essa razão que ela decidiu falar sobre o assunto mesmo que tivesse medo de compartilhar com o mundo que é uma sobrevivente da violência doméstica.

Encerrando a publicação, FKA twigs deixou uma pequena lista de instituições de caridade e locais de apoio que considera incríveis para quem quiser doar ou pedir ajuda. “Meu pior pesadelo é não contar para ninguém [o que vivi] e saber que poderia ter ajudado ao menos uma pessoa”, disse.

Confira:

Comentários

Topo