Menu Papel POP

Três filmes que foram completamente esquecidos no churrasco (Parte 3)

Temos mais três filmes pro final de semana? Temos, sim! Nas últimas sextas vim aqui e dei a dica de três filmes pra vocês verem durante o final de semana. Hoje, sábado, é a parte final deste especial! Igual nas listas anteriores, eu vou seguir duas regras: 1) tem que ser um filme não muito conhecido e que eu acredito que poucos viram e 2) eu já vi e achei muito bom. Beleza?

Então é isso. Meu nome é Phelipe Garimpador Cruz e eu fui no Telecine, que tem 30 dias gratuitos (para quem ainda não assinou) e escolhi os que mais gosto.

Três é um número pequeno, eu sei, mas é bom que você divide no fim de semana. Um pra sexta, outro pra sábado e outro pra domingo. Vamos começar? Valendo! E clique aqui para ver a primeira parte do especial!

Philomena

Assista aqui.

Eu adoro esse filme. Dá quase pra dizer que é um road movie. É a histórioa de um jornalista que está meio decadente e, de repente, se interessa na história de uma senhora, a tal Philomena (interpretada pela fenomenal Judi Dench). A história dela? Quando era mais nova, foi mandada para um convento e deixou o filho recém-nascido dela para adoção. Não vou contar mais o que acontece. Nem preciso dizer que a dinâmica deles dois juntos é impecável, né? Prepare os lencinhos.

Os Suspeitos (2013)

Assista aqui.

Pouca gente viu e isso é um desperdício. Taí um tesouro que precisa ser visto. Tem Hugh Jackman, tem Jake Gyllenhaal e tem o Paul Dano, talvez, numa das melhores atuações da carreira deles. A direção é do Denis Villeneuve, que está fazendo o remake de “Duna” e bombou em Hollywood com o sci-fi “A Chegada”. É um dramão pesadíssimo. Quando a filha do personagem de Hugh Jackman desaparece, ele procura o detetive (Jake Gyllenhaal), que tem como um dos principais suspeitos o personagem Alex (Paul Dano). Você vai ficar muito tenso. Vai ficar com ódio. Vai roer as unhas e a cada hora achar que o suspeito é uma pessoa diferente. Filmaço bem dirigido e com um roteiro impecável.

Cães de Aluguel

Assista aqui.

É um Tarantino. Ele é pop. O cineasta é tão pop que ele consegue agradar não só o grande público, mas também os cinéfilos. Eu acredito que esse seja o filme que os cinéfilos viram e amam (com razão), mas a maioria das pessoas que curte “Bastardos Inglórios”, “Kill Bill”, etc. nem passou perto. Vejam. É o começo do Tarantino e é um dos melhores filmes dele, sem sombra de dúvidas. Os diálogos inusitados estão lá (eu adoro um que eles discutem “Like a Virgin” da Madonna) e também as cenas mais icônicas do cinema moderno também estão lá. Não vou dizer qual. Você vai entender quando assistir.

Por qual deles você quer começar? Lembre-se: o Telecine oferece os 30 primeiros dias grátis pra quem ainda não é assinante.Vem com a gente!

*Conteúdo oferecido por Telecine

Comentários

Topo