Menu Papel POP

Mark Hamill revela que queria ter visto Luke no Lado Sombrio da Força em “O Retorno de Jedi”

Mark Hamill sempre se posicionou contra as decisões criativas de “Star Wars” ao longo dos anos. Nos últimos anos, ele ficou duvidoso com o rumo de “Os Últimos Jedi” (2017), dirigido por Rian Johnson, por exemplo.

Já em entrevista a EW Live, para a rádio SiriusXM, ele comentou que também esperava um final diferente para Luke Skywalker no final de “O Retorno do Jedi” (1983), torcendo que ele fosse para o Dark Side da Força:

“Lembro-me de reclamar com George [Lucas] sobre algo em ‘O Retorno do Jedi’. E eu disse: ‘É tão previsível’ ‘, e ele disse:’ Mark, não se esqueça. Essas coisas foram feitas para crianças’. A intenção original dele era fazer filmes para crianças! Adolescentes e mais jovens. E estamos trazendo a nossa sensibilidade adulta e é aí que erramos”.

E, então, elogiou Lucas:

“Ele é o cara. Ele sabe o que quer, e eu percebi que ele estava certo. Ele disse: ‘Todos os contos de fadas são amarrados no final’. Porque eu pensei que depois do ‘Empire’ deveríamos fazer o máximo possível de loucura com o último, mas há uma razão pela qual George está onde está e eu estou onde estou”.

Hamill explicou como seria sua versão com o máximo possível de loucura:

“Bem, eu pensei que estava virando mal. Porque eu estava todo de preto. Eu pensei que iria para o lado sombrio no último [filme]. E, claro, você precisa se redimir. Esse filme é do jeito que eu senti que estava indo com o episódio anterior. Mas todo ator quer interpretar seu próprio gêmeo do mal”.

Imagina como seria o Luke do lado sombrio?

Recentemente, o ator também revelou que não voltará ao papel do Jedi. Sua aparição em “Star Wars: A Ascensão Skywalker” foi a última. Novos filmes da franquia estão sendo produzidos – como o que será dirigido por Taika Waititi -, além de séries para o Disney+.

Comentários

Topo