Menu Papel POP

Lady Gaga comenta sobre superação e maternidade: “Estou ansiosa para ser mãe”

MAIS SOBRE:

O ano de 2020 está sendo um grande marco para Lady Gaga! Ela lançou seu mais novo single “Stupid Love”, anunciou o novo álbum “Chromatica”, arrecadou US$ 35 milhões para as vítimas do coronavírus e anunciou festival online de quarentena com o Global Citizen.

Agora, para a revista InStyle, a dona do “Joanne” comentou sobre sua jornada como artista e pessoa, e se sente grata por quem ela é.

“Sinto-me muito grata pelo que fiz parte e pelo que fui convidada a fazer parte. Todas essas experiências artísticas fizeram de mim quem sou hoje. É como quando as pessoas se casam e dizem: ‘Na saúde e na doença’. É assim que eu me sinto. Eu sinto como ‘Você sabe o que, Gaga? Você sabe o que, Stefani? Na doença e na saúde, estou com você, e vou segurar sua mão seja qual for o resultado’.”

Em recente entrevista com Oprah Winfrey, Gaga comentou sobre o estupro que sofreu aos 19 anos e como lida com estresse pós-traumático desde então. Após ter um “colapso psicótico”, ela começou a abordar o que havia acontecido com ela. Revelou que a angústia psicológica levou a intensa dor física crônica, sendo diagnosticada com fibromialgia. Seu atual ciclo de tratamento com medicação, meditação, terapia e autocuidado tem ajudado a artista.

“Acho que levei algum tempo para lamentar as coisas que aconteceram comigo, e não fiquei com raiva de mim mesma por quanto tempo demorou. Fiquei deprimido e fui ao supermercado e vi fotos minhas e disse: ‘Bem, parece que tudo está bem’. Mas eu estava secretamente surtando, e o mundo não fazia ideia. Ou algumas pessoas no mundo. Eu odeio usar essa frase ‘o mundo’. É tão egocêntrico assumir que o mundo inteiro pensa ou sabe sobre mim. Não sabe.”

E a diva pop que é chamada de Mother Monster será mãe um dia? Sim!

“Vou dizer que estou muito animada para ter filhos. Estou ansiosa para ser mãe. Não é incrível o que podemos fazer? Podemos manter um humano por dentro e cultivá-lo. Então ele aparece e é nosso trabalho mantê-lo vivo. É tão engraçado –  quando as pessoas entram na minha casa, eu sempre digo: ‘Bem-vindo ao útero!'”

Gaga espera que o “Chromatica” ajude outras pessoas a se curarem também, da mesma forma que a curou e a fez se sentir melhor:

“Eu fiz essas músicas e depois que ouvi tudo, elas contaram a história da minha vida como uma tapeçaria. Estou muito orgulhosa disso porque, embora seja um álbum divertido e comemorativo, se você ouvir essas letras, você realmente conhecerá meu coração. É como se a música estivesse lhe dando permissão para continuar. Mesmo se você teve o pior dia da vida, tudo bem dançar. “

“Chromatica” seria lançado no dia 10 de abril, mas foi adiada por tempo indeterminado devido à pandemia de coronavírus. Na época, a cantora garantiu que o lançamento vai acontecer ainda em 2020, prometendo mais detalhes em breve. Veja a capa do disco aqui:

View this post on Instagram

#Chromatica ⚔️💓 2020

A post shared by Lady Gaga (@ladygaga) on

Comentários

Topo