Menu Papel POP

MET Gala garante que não será adiado por causa do Coronavírus

MAIS SOBRE:

O surto do Coronavírus deixou e está deixando o mundo todo preocupado e em estado de alerta. Nos EUA, o número de casos confirmados de Coronavírus já passam de mil, com 29 mortes. Várias campanhas de como se proteger do vírus estão sendo feitas e, com isso, muitos eventos estão sendo cancelados e adiados. O Coachella, por exemplo, adiou suas datas de abril para outubro por conta da crise de saúde pública.

Contudo, o MET Gala, evento anual que arrecada fundos para o Metropolitan Museum of Art Institute em Nova York e que é um marco no mundo da moda, publicou nesta quarta-feira (11) que o baile não será adiado, mesmo com a epidemia.

Nancy Chilton, a chefe de relações externas do MET, disse em comunicado:

“Estamos seguindo o planejado e esperamos uma noite maravilhosa. É claro que continuaremos atentos à situação.”

Todo ano os bailes têm um tema, e o deste ano é “Sobre Tempo: Moda e Duração”, inspirado no filme “Orlando – A Mulher Imortal” (1992) e patrocinado pela Louis Vuitton. O evento acontece sempre na primeira segunda-feira de maio é o único dia, além do dia de Ação de Graças, Natal e Ano Novo, que o museu fecha. As marcas de alta custura fazem altíssimos investimentos para o evento, levando em conta o custo para vestir grandes personalidades e criar impacto que irá ressoar nos próximos anos.

Meryl Streep será uma das anfitriãs da noite ao lado de  Lin-Manuel MirandaEmma Stone e Anna Wintour. No total, terão 160 peças dos últimos 150 anos sendo exibidas. Elas estarão divididas em duas seções. A primeira delas será uma espécie de linha do tempo com vestimentas na cor preta que vai desde 1870 até 2020. Já a segunda parte irá mostrar a temporalidade das roupas ao expor uma contra-cronologia com criações pintadas majoritariamente de branco.

Comentários

Topo