Menu Papel POP

Armie Hammer duvida de sequência de “Me Chame Pelo Seu Nome”

Quando uma possível continuação de “Me Chame Pelo Seu Nome” foi anunciada, tanto Armie Hammer quanto Timothée Chalamet se mostravam animados com a ideia, mas parece que agora as coisas estão meio incertas. Em entrevista ao Vulture, Hammer disse que rolaram algumas conversas soltas sobre o assunto, mas que o primeiro filme de Luca Guadagnino foi tão especial para todo mundo que fez e para quem assistiu que ele não sabe se conseguiriam fazer algo no mesmo nível.

O ator ainda brincou na entrevista que o motivo para a impossibilidade de uma sequência do longa era por cuasa de Timothée que havia desistido do projeto. “Timmy disse que ele só faria se pagassem 15 milhões de dólares”.

Em entrevista ao Variety, no final de 2018, Hammer demonstrou entusiasmo, dizendo que queria muito fazer isso, que foi “um período muito especial. Foi uma experiência colaborativa, única e imersiva que eu nunca tive antes.”

A continuação do livro, que serviu de inspiração para o filme já está sendo escrita por André Aciman. Ao Vulture, o ator que vive Oliver na produção afirmou que se terminarem “com um roteiro incrível, e Timmy e Luca estiverem dentro, eu seria um idiota de dizer não”. Bom, a esperança é a última que morre.

Comentários

Topo