Menu Papel POP

Netflix está sendo processada por causa de Bandersnatch; vem entender!

Eita, depois da polêmica da imagem do demônio em O Mundo Sombrio de Sabrina, tem mais um processinho indo para a Netflix.

A editora dos romances estilo Choose Your Own Adventure (Escolha Sua Própria Aventura) decidiu que eles estão processando a Netflix por US$ 25 milhões por causa de seu episódio interativo de Black Mirror, Bandersnatch.

De acordo com um processo obtido pelo THR, Chooseco – uma editora detentora da marca “Choose Your Own Adventure” desde os anos 1980 – entrou com uma ação contra o serviço de streaming que acusa a Netflix de violar sua marca registrada e criar confusão no mercado com o especial de Black Mirror, onde os espectadores fazem escolhas cruciais que mudam o resultado da história.

Para quem não viu Bandersnatch, nele, nós telespectadores controlamos o destino do programador Stefan que está criando um jogo baseado em um romance de fantasia chamado Bandersnatch. Em um ponto, o programador chama o romance de um livro “Choose Your Own Adventure”.

O processo judicial revela que a Netflix já havia negociado com a Chooseco os direitos de “Escolha sua própria aventura”, mas não houve um acordo. Além disso, o processo observa que a editora enviou uma solicitação de cessação à Netflix solicitando que o serviço parasse de usar o Choose Your Own Adventure.

O primeiro romance “Escolha sua própria aventura” foi criado por Edward Packard e publicado em 1979. A franquia foi extremamente popular durante os anos 1980, crescendo para 184 livros com mais de 250 milhões de cópias impressas.

Netflix sued over<em> Black Mirror</em> by Choose Your Own Adventure publisher

Comentários

Topo