Menu Papel POP

Troye Sivan comenta letra homofóbica de Eminem; “Algumas palavras não são para todos”

Troye Sivan é um reizinho sensato e criticou, à revista Variety, o Eminem por seu ataque homofóbico a Tyler, The Creator, na música Fall. O rapper, posteriormente, admitiu que ele foi “longe demais” depois de enfrentar diversas críticas por chamar Tyler de “bicha” (faggot).

Sivan, que se assumiu gay em 2013, respondeu: “Eu sinto que algumas palavras não são para todos ou para ninguém, [mesmo]. Não é tão difícil respeitar isso, então espero que as pessoas o façam.”

O cantor australiano continuou: “Eu gostaria de acreditar que as pessoas podem crescer e mudar, [mas] eu acho que o comportamento repetido é algo que deve ser levado realmente a sério.”

Terminou dizendo:

“Eu adoraria acreditar que, se a pessoa demonstrasse remorso genuíno e compreensão suficiente sobre como magoou as pessoas e fizesse progressos para corrigir isso, gostaria de acreditar que posso ficar bem com essa pessoa.”

Diversos artistas criticaram a escolha de palavras do rapper, como Dan Reynolds e Karamo Brown. E essa não foi a primeira vez que Eminem usou xingamentos homofóbicos em músicas: em 2013 se defendeu por usar palavras ofensivas em The Marshall Mathers LP 2.

Comentários

Topo