Menu Papel POP

Streamings de “Praying”, da Kesha, praticamente dobram após o Grammy

O Grammy geralmente é benéfico para os números dos artistas que ganham ou que pelo menos se apresentam na cerimônia. A revista Billboard divulgou, nesta quarta-feira (31), alguns números positivos para quem cantou no último domingo (28), especialmente para Kesha.

A cantora que fez a performance mais forte e linda da noite, ao lado de Cyndi Lauper, Camila Cabello, Andra Day, Bebe Rexha, e Julia Michael, viu as reproduções de sua música “Praying” aumentarem 99% nas plataformas de streaming logo no dia seguinte à premiação, segundo informa a Billboard.

Outras canções que tiveram um aumento significativo nos streamings após o Grammy foram “Broken Clocks”, da SZA (55%); “DNA”, do Kendrick Lamar (21%); e “Finesse”, do Bruno Mars com Cardi B. (20%).

A única música a ser apresentada no Grammy que teve uma queda no número de reproduções foi “Despacito”, de Luis Fonsi e Daddy Yankee, que teve um declínio de 1%.

Comentários

Topo