Menu Papel POP

“House of Cards” vai acabar, mas pode ganhar séries derivadas

MAIS SOBRE:

O fim de “House of Cards” está definido – a Netflix anunciou ontem (30) que uma das suas séries mais populares acabará na próxima temporada, a sexta, com previsão de estreia em 2018. Mas a produção pode continuar de outra forma.

É que segundo a Variety, a Netflix e a produtora Media Rights Capital estão pensando em várias ideias para possíveis séries derivadas (spin-offs) de “House of Cards”. O desenvolvimento está nos estágios iniciais, mas pode ser que um dos spin-offs seja focado em Doug Stamper (Michael Kelly), o chefe de gabinete de Frank Underwood (Kevin Spacey).

De acordo com o site, pelo menos outras duas ideias para séries derivadas estão sendo pensadas, ambas no universo político dos Underwood.

A decisão de acabar com “House of Cards” na sexta temporada foi anunciada um dia depois do ator Anthony Rapp acusar Kevin Spacey de tê-lo assediado anos atrás. Em declaração, Spacey pediu desculpas e se revelou gay – por ter falado sobre sua sexualidade, ele foi criticado por tentar ofuscar a acusação de Rapp. Alguns sites especializados dizem que a Netflix cortou “House of Cards” por essa razão, mas outros alegam que a decisão já estava tomada. De qualquer forma, o fato da plataforma de streaming ter soltado a notícia ontem está obviamente ligado com a polêmica envolvendo Spacey.

O que acham dos planos?

Comentários

Topo