Menu Papel POP

Adele arrasa no Grammy 2017, venera Beyoncé e homenageia George Michael

Melhores amigas! O Grammy 2017, que chegou ao fim na madrugada desta segunda-feira, dia 13, nos permitiu ver Adele simplesmente caída de amores por Beyoncé. Que dupla! Adele se consagrou a maior vencedora da noite, mas bem que pareceu que ela se sentiu culpada por levar os prêmios em que concorria contra a Queen B. Adele <3 Beyoncé!

A britânica chegou a dizer mais de uma vez que amava Bey, dedicou vitórias a ela, fez a colega lacrimejar, venerou o “Lemonade” e ainda declarou que queria que Beyoncé fosse sua mãe, hahahaha!

Depois de cinco anos seguidos, LL Cool J deixou o posto de apresentador; quem assumiu o lugar foi o britânico James Corden, do maravilhoso quadro “Carpool Karaoke”!

Agora, ele jogou uma praguinha, hein? Logo quando entrou, Corden, brincando, caiu da escada, perdeu o microfone e “sofreu” umas falhas. Acabou que isso refletiu em algumas performances da noite, mas apesar dos errinhos os shows foram ótimos!

Aguentaram ficar acordados durante todo o evento? Se sim, testemunharam a grande vitória de Adele, que como dissemos acima, dominou tudo e venceu as cinco categorias em que disputava – entre elas, gravação do ano, álbum do ano e música do ano! A britânica foi quem abriu a premiação, cantando “Hello”, primeiro single do álbum “25”. Ela também foi a responsável pelo tributo incrivelmente lindo a George Michael.

Ao interromper apresentação no Grammy, Adele cumpriu “promessa” de um ano atrás

Beyoncé, a artista com mais indicações neste ano, também se destacou, vencendo melhor álbum urban contemporâneo e melhor clipe. Confirmando os boatos, ela fez uma performance bem conceitual, bem linda das músicas “Love Drought” e “Sandcastles”, do CD “Lemonade”. Gravidíssima e maravilhosa!

De forma póstuma, David Bowie foi outro que levou cinco Grammys! O artista, morto em janeiro de 2016, venceu as categorias de melhor performance de rock, melhor música de rock, melhor álbum alternativo, melhor pacote de gravação e melhor produção de álbum, todas pelo disco (e canção) “Blackstar”. Em 1984, Bowie conquistou um Grammy pelo clipe de “Jazzin for Blue Jeans”, mas dessa vez as estatuetas contemplam o trabalho musical dele, não os vídeos.

Chance the Rapper se destacou, levando prêmios como melhor álbum de rap e melhor artista revelação. Sobre o último, ele é o primeiro artista negro de hip-hop a vencer a categoria desde Lauryn Hill em 1999!

Voltando aos shows, Katy Perry mandou ver e cutucou Donald Trump em sua performance de “Chained to the Rhythm”, single recém-lançado; a apresentação teve referências bem legais!

Estávamos curiosos para saber o resultado da parceria entre a heavy metal lover Lady Gaga e a banda Metallica. Eles cantaram “Moth Into Flame”, do disco mais recente do grupo, com direito a falha no microfone de James Hetfield, muito fogo e até mosh!

A homenagem a Prince ficou a cargo do The Time e logo depois de Bruno Mars, que botou todo mundo para dançar na premiação.

Demi Lovato, Alicia Keys, Keith Urban + Carrie Underwood, John Legend e outros também cantaram no Grammy.

Agora vem ver a lista dos principais vencedores!

GRAVAÇÃO DO ANO
Hello – Adele

ÁLBUM DO ANO
25 – Adele

MÚSICA DO ANO
Hello — Adele (compositores: Adele Adkins & Greg Kurstin)

MELHOR ARTISTA REVELAÇÃO
Chance The Rapper

MELHOR CLIPE
Formation — Beyoncé

MELHOR PERFORMANCE POP SOLO
Hello — Adele

MELHOR PERFORMANCE POP DE DUO OU GRUPO
Twenty One Pilots — Stressed Out

MELHOR ÁLBUM VOCAL POP
25 — Adele

MELHOR ÁLBUM DE RAP
Chance the Rapper – Coloring Book

MELHOR PERFORMANCE DE RAP
Chance The Rapper feat. Lil Wayne & 2 Chainz – No Problem

MELHOR MÚSICA DE RAP
Drake – Hotline Bling

MELHOR ÁLBUM URBAN CONTEMPORÂNEO
Beyoncé – Lemonade

MELHOR ÁLBUM DE ROCK
Cage The Elephant – Tell Me I’m Pretty

MELHOR PERFORMANCE DE ROCK
David Bowie – Blackstar

MELHOR MÚSICA DE ROCK
David Bowie – Blackstar

MELHOR ÁLBUM R&B
Lalah Hathaway — Lalah Hathaway Live

MELHOR PERFORMANCE DE R&B
Solange – Cranes in the Sky

MELHOR MÚSICA DE R&B
Maxwell – Lake By The Ocean (compositores: Hod David & Musze)

MELHOR ÁLBUM DANCE/ELETRÔNICO
Flume – Skin

MELHOR MÚSICA DE DANCE/ELETRÔNICO
Don’t Let Me Down – The Chainsmokers feat. Daya

A lista completíssima dos vencedores está aqui!

E aí, contem para a gente o que acharam do Grammy 2017!

Comentários

Topo