Menu Papel POP
Foto: Getty Images

Gerard Piqué diz que vai “tomar medidas legais” contra assédio da imprensa aos filhos após divórcio de Shakira

Em comunicado emitido nesta sexta-feira (2) por meio de seus advogados (via El País), o jogador Gerard Piqué disse que pretende responsabilizar profissionais de imprensa que, porventura, desrespeitem a sua privacidade e a dos filhos, Milan (9) e Sasha (7). O assédio aumentou, consideravelmente, após a oficialização de seu divórcio com a cantora Shakira, em junho deste ano.

“Nas últimas semanas ocorreram intromissões que ultrapassam os limites da legalidade”, diz a nota.

“Nosso cliente se viu na obrigação de solicitar medidas cautelares de afastamento e empreender ações legais com quem de algum modo alterar a rotina familiar ou tornar vulneráveis os direitos de seus filhos, dado que o único objetivo de Gerard é garantir seu bem-estar e reestabelecer os direitos de intimidade, segurança e tranquilidade”.

O documento prossegue: “Foram publicados muitos rumores e informações contrastadas sobre o jogador, sua família, sua vida pessoal e, portanto, privada. Estas reportagens e imagens ocasionam não apenas um dano a sua honra, e um preconceito à sua imagem, mas também um grave atentado contra os direitos de seus filhos, cuja segurança e proteção representam para ele preocupação máxima”.

Piqué e Shakira, que formaram um dos casais mais midiáticos da última década, ficaram juntos por onze anos Atualmente, eles travam uma batalha judicial pela guarda das crianças.

O zagueiro do Barcelona F.C. também tem sido alvo de paparazzi desde que os rumores de traição começaram a circular. Nas últimas semanas, ele assumiu um relacionamento com uma jovem estudante de relações públicas, conhecida até o momento como Clara Chía – possível pivô do fim da relação.

Comentários

Topo