Menu Papel POP
Divulgação / HBO

“A Casa do Dragão”: Fabien Frankel revela que se preparou durante sete meses para cena de sexo

[Atenção: o texto a seguir contém spoilers do quarto episódio de “A Casa do Dragão”]

Em entrevista ao Entertainment Weekly, Fabien Frankel revelou que se preparou por sete meses para gravar cena de sexo em “A Casa do Dragão”, do HBO Max, spin-off de “Game of Thrones” .

A sequência em questão aconteceu no quarto episódio da primeira temporada, entre a princesa Rhaenyra Targaryen, ainda interpretada por Milly Alcock, e Sir Criston Cole (Frankel). 

“Foi algo sobre o qual conversamos ao longo de sete meses. Foi uma das primeiras coisas sobre as quais eu estava muito ansioso para falar”, disse o ator. “Tivemos a sorte incrível que o episódio 4 foi dirigido por Clare Kilner, que eu acho que é uma das grandes diretoras de TV trabalhando hoje”, avaliou. 

Segundo ele, o grande ponto era não parecer algo gratuito, mostrando apenas o “suor brilhando nas costas”. 

“Qualquer um que já fez sexo vai dizer que não é tão bonito. Não é uma coisa pitoresca e incrível. É estranho, especialmente quando você é jovem. Há um desconforto nisso e há uma descoberta e compreensão dos corpos um do outro – sem mencionar o lado prático da coisa toda”, apontou Frankel. 

Na série, a cena acontece após Rhaenyra fugir disfarçada da Fortaleza Vermelha à noite para encontrar seu tio, Daemon Targaryen (Matt Smith), que a leva para conhecer a periferia de Porto Real. Quando chegaram a um bordel, o infame incesto da família Targaryen é exibido quando, após um jogo de sedução, os dois começam a se beijar.

Contendo a si mesmo, Daemon deixa o local, largando Rhaenyra sozinha. Consternada, ela volta para o castelo e encontra Sir Criston fazendo guarda na porta de seu quarto. Mesmo relutante, ele acaba cedendo aos encantos da princesa. 

“Eu apenas me lembro de mensagens de texto, telefonemas, reuniões entre Clare, eu, Milly e nossa coordenadora de intimidade. Mas particularmente eu, Clare e Milly dizendo: ‘Como podemos tornar isso humano?'”, lembrou Frankel. 

A cena entre eles precisava ser diferente da cena do bordel, já que o Cavaleiro se encontrava em um dilema moral ao escolher quebrar seu voto de castidade para se deitar com Rhaenyra. “Era sobre a luta em todos os sentidos: a luta para tirar a armadura, a luta dele para trair seus votos… Era assim que eu queria mostrar”, disse ele. 

“A Casa do Dragão” se passa cerca de 200 anos antes dos eventos de “Game of Thrones” e conta a história da Casa Targaryen e a guerra sangrenta pelo Trono de Ferro que dividiu a família. Nos livros de George R.R. Martin, esse período da história ficou conhecido como A Dança dos Dragões. 

Os episódios são lançados todos os domingos na HBO e HBO Max, contando com cinco até o momento. A partir do próximo capítulo, Alcock e Emily Carey, que vive a jovem Alicent Hightower, serão substituídas por Emma D’Arcy e Olivia Cooke, que interpretarão as versões adultas e definitivas de suas personagens. 

 

Comentários

Topo