Menu Papel POP
Foto: Divulgação

Shakira recusa acordo com o Ministério Público por acusação de fraude e diz que vai ao tribunal

Semanas atrás, contamos aqui mesmo no Papelpop sobre a tentativa de acordo feita pelos advogados de Shakira para que a mesma, acusada de fraudes fiscais milionárias, não precisasse passar pela exposição de um julgamento frente a Justiça espanhola.

Eis que uma nova matéria publicada pelo jornal El País, nesta quarta-feira (27), apontou que ela teria mudado de ideia e recusado a conciliação proposta ao Ministério Público local, garantida a partir de uma confissão e o pagamento de multa.

Em um processo que se arrasta desde 2020, a estrela é acusada de infringir seis cláusulas da lei espanhola por ter sonegado cerca de 14,5 milhões de euros, durante os quase 11 anos que viveu na Espanha.

Ainda de acordo com o jornal, a Justiça permite que um acordo seja feito até o dia do julgamento, mas tudo aponta que a voz de “Te Felicito” não está interessada. Em seu primeiro pronunciamento oficial a respeito do assunto, ela diz que a proposta é “desproporcional, arbitrária e contraria seus interesses”.

Um comunicado emitido por seus representantes na manhã de hoje (27) corrobora esta tese ao dizer que “a cantora confia plenamente em sua inocência e não aceita o que foi proposto pois considera o assunto um atropelo a seus direitos”.

O documento afirma, ainda, que sua defesa deve manter os mesmos argumentos que sustentou desde o princípio: de que Shakira não possui uma dívida pendente com o Ministério da Fazenda e que confiou em seus assessores jurídicos e financeiros, a respeito da forma correta de pagar seus impostos.

“Nunca antes foi possível encontrar uma perseguição com tamanha ausência de motivos e tão implacável por parte da Receita. O Ministério Público recorreu a meios indevidos para pressionar, tal qual fazem todos os dias e injustamente com milhares de contribuintes com finalidades de lucro”, afirmou a artista.

No último mês, Shakira perdeu a última oportunidade de vencer o caso sem passar por um julgamento — o que significaria um desgaste para sua imagem, além de um excesso de visibilidade no momento em que seu nome já estampa revistas de fofoca em virtude do divórcio que enfrenta após 11 anos de união com o jogador catalão Gerard Piqué.

Comentários

Topo