Menu Papel POP
Foto: Divulgação

“Blonde”: Ana de Armas diz que preparação para viver Marilyn Monroe foi “dolorosa e intensa”

Prestes a estrear em setembro nos cinemas como Marilyn Monroe em “Blonde”, Ana de Armas contou em uma recente entrevista ao The Sunday Times um pouco mais sobre o processo de preparação para interpretar a diva.

Segundo a atriz, o desenvolvimento de sua personagem foi “doloroso e intenso” pelas constantes trocas de perucas e figurinos, além da dificuldade para abraçar o sotaque da loira. “Precisei passar 9 meses treinando meu sotaque para gravar o diálogo, com sessões de fono para praticar dialetos”, contou.

Mas o processo não foi nada fácil, seguno Ana, as sessões com a fonoaudióloga foram “uma verdadeira tortura”. “Foi tudo muito exaustivo, literalmente ‘fritou’ meu cérebro”, reiterou.

Proibido para menores de 18 anos, “Blonde” abraça uma narrativa apresentada na obra de Joyce Carol Oats, que se baseia na fama de Monroe para abordar um romance culminado pela fama.

A trama ainda irá acompanhar a estrela desde sua infância conturbada até a ascensão global como um símbolo sexual, passando por seus relacionamentos instáveis. “É um olhar mais ousado, sincero e feminista que já vi sobre ela”, disse De Armas em um comunicado.

Relembre o teaser:

Comentários

Topo