Menu Papel POP

Música mais diversa: conheça artistas LGBT que estão explorando rap, sertanejo e muito mais

O movimento musical dos artistas LGBTQIAP+ está em constante crescimento e, cada vez mais, a gente descobre talentos novos! Porém, o que poucos sabem é que isso se expande para muito mais gêneros além daqueles que já não saem dos nossos ouvidos. Sim, estamos em todos os lugares! Hoje resolvemos recomendar diferentes gêneros e, em cada um deles, um novo nome para você conhecer, curtir e ir criando a sua próxima playlist preferida!

Inclusive, se você está lendo essa matéria e tem aquele pézinho na música, também recomendamos um projeto incrível! O Mercado Livre criou, junto com a Pabllo Vittar, uma iniciativa justamente para que cada vez mais pessoas conheçam novas vozes e talentos queer! Em “Mais Uma Voz”, artistas que ainda não são conhecidos pelo grande público puderam criar o próprio feat com a cantora de um jeito muito rápido e fácil: baixando um pack musical na Feat Store de Mercado Livre, que contava com trilhas e vozes da Pabllo para cada um produzir a própria música com ela e divulgar nas redes sociais. Saiba tudo sobre o “Mais Uma Voz” no fim da nossa lista ou acessando o site do projeto! Prontos para o play?

Sertanejo: Gabeu

“Vamos assumir o nosso amor rural. Sai desse armário e vem pro meu curral”. Gabeu causou uma transformação na música quando resolveu unir a vivência gay com a vivência familiar e entregou o gênero chamado “queernejo”. Filho do cantor Solimões, o artista não poupa em mesclar o lado cowboy no qual foi criado com muita cor, looks agarradinhos e, claro, sua vida amorosa. Em 2021, lançou “Agropoc”, o disco de estreia, e neste ano lançou um clipe belíssimo para “Bailão”.

Tecnobrega: Matteus

Paulistano, Matteus já esteve presente na 4ª temporada de The Voice Brasil e desde então tem chamado cada vez mais atenção com novos lançamentos musicais. No ano passado, lançou “Ricardo”, com um clipe fofíssimo em que está apaixonado, porém segue passos lentos para assumir esse amor. Agora, em 2022, ele vem com “Te Dar (Amor)”, parceria com Aretuza Lovi. Ambos tem aquela pegada gostosa de brega com sintetizadores que a gente ama!

Rap: Boombeat

Boombeat é integrante do grupo Quebrada Queer e agora também tem uma carreira solo vindo com tudo! Ela chamou atenção também ao integrar o “111 Deluxe”, álbum de remixes da Pabllo Vittar, com uma versão de “Parabéns”. Boombeat lançou o single “Bonita de Costas” e o EP “BÁRBARA”, feitos ao lado do duo Cyberkills. O diferencial aqui é que ela mistura as rimas que trazem bastante de sua experiência de vida e uma baguncinha gostosa com uma produção que mistura pop, eletrônico e experimental.

Pop: Garbo

Garbo é um nome quentinho na música pop queer nacional para prestar atenção. Autodidata, ele compõe, colabora na produção e cria os próprios visuais. Compôs o primeiro EP, “Cristal”, com 18 anos, no próprio quarto. Agora, ele chega com o álbum de estreia “não faça o que eu faço”, lançado neste mês com bastante batidas pop, sintetizadores e letras inspiradas na própria vida amorosa.

R&B: Izrra

Também com experiência no The Voice Brasil, Izrra faz aquele som delicioso para ouvir ao lado daquele seu crush, ou então para se apaixonar sozinho ao som de um ótimo R&B que também traz bastante MPB e uma pegada soul. Izrra nasceu na baixada fluminense e viralizou em 2016 com um vídeo em que cantava no metrô e impressionava todos ao redor. O viral conquistou a internet e desde então ele também conquista nossos corações com um som lindo! Neste ano ele lançou o single “Venus” e, em 2021, veio com “Qualquer lugar”, “Eu, você e o radin” e “Refém”.

 Lo-Fi: Layla Policarpo

Cada música de Layla Policarpo é uma ótima surpresa. No canal dela no Youtube, você vê trap, versões lo-fi de músicas pop famosas, batidas envolventes, letras em espanhol e produções ricas de sonoridades. Layla é produtora de áudio e multi instrumentista vinda de Uberlândia. Suas músicas transmitem calma, mas também te aguçam com uma instrumentalidade envolvente.

Pop Rock: Karen Jonz

Se você está amando o retorno da cena pop rock dos anos 2000, vai amar Karen Jonz! Ela já tem uma história antes da carreira musical:  ela é a primeira mulher brasileira e skatista brasileira campeã mundial de skate vertical! Desde 2020, tem apostado na carreira musical e agora em 2022 lançou o álbum “Papel de Carta”. Se você gosta de uma vibe rock para dançar e se sentir mais rebelde, é a pedida perfeita!

“Mais Uma Voz” é uma campanha do Mercado Livre com Pabllo Vittar, criada para enaltecer artistas LGBTQIAP+ independentes. Você que está aí trabalhando na sua carreira musical, que tal participar? O Mercado Livre lançou um site chamado Feat Store, nele você pode baixar um pack musical com trilhas e vozes da Pabllo Vittar para você mesmo montar a sua própria parceria inédita com ela e compartilhar nas redes sociais. Durante o mês do Orgulho, o Mercado Livre irá publicar feats nas redes sociais para divulgar artistas independentes de todas as letras da sigla! É só compartilhar a sua criação no YouTube  usando a hashtag #maisumavoz. Bora participar também, a Feat Store está no ar até 8 de julho!

Inclusive, já dá para ver vários artistas lançando o próprio feat procurando por #MaisUmaVoz no YouTube . Estamos amando acompanhar por aqui!



Comentários

Topo