Menu Papel POP
Foto: Reprodução

Lily Allen agradece a Olivia Rodrigo por convite para cantar no Glastonbury: “Muito emocionante”

Após fazer um protesto no festival de Glastonbury sobre a nova legislação norte-americana que dificulta a realização do aborto, Lily Allen agradeceu a Olivia Rodrigo em uma publicação feita em seu perfil no Instagram. Na tarde deste domingo (26), a veterana disse a apresentação fez com que ela ainda sentisse vontade de cantar e tivesse um dia incrível.

“Muito emocionante! As coisas estão realmente uma bagunça, mas pelo menos meus bebês puderam ver sua mãe brincar e arrasar no Glastonbury com sua estrela pop favorita”, escreveu.

“Eles estão muito orgulhosos e eu também. Eu não sabia se seria capaz de subir em um palco sóbria novamente, para ser honesta. Uma parte de mim achava que tudo isso estava no passado. Tive o dia mais incrível. Obrigada, Olivia, por nos receber! Você destruiu seu primeiro Glastonbury. Quem sabe, talvez, eu não desligue meu microfone ainda”.

Fofas!

Sem medo

Rodrigo e Allen se posicionaram contra a decisão da Suprema Corte norte-americana que suprimiu nesta sexta-feira (24) direito ao aborto entre as pautas de saúde básica nos Estados Unidos.

A partir de agora, no que especialistas afirmam ser um retrocesso de mais de 50 anos de conquistas, os estados é quem passam a legislar a interrupção ou não de gestações. A medida deve ter impacto imediato.

“É horrível e devastador”, disse a voz de “SOUR”. “Muitas mulheres e meninas vão morrer por causa disso e queremos dedicar a próxima canção aos 5 membros da Suprema Corte, que nos mostraram que não dar a mínima para a liberdade no fim do dia. Esta canção é pra vocês, Samuel Alito, Clarence Thomas, Neil Gorsuch, Amy Coney Barrett e Brett Kavanaugh. Odiamos vocês”.

Comentários

Topo