Menu Papel POP

Esquenta “Top Gun: Maverick”: saiba porque a saga marcou a cultura pop

Finalmente um clássico retorna a partir do dia 21 de maio com “Top Gun: Maverick” estreando nos cinemas! O filme, estrelado por Tom Cruise, é a continuação de “Top Gun” de 1986 (36 anos depois!). Após três décadas, é comum que muita gente esteja conhecendo a franquia agora. Para vocês que estão chegando, estamos aqui para te mostrar o peso dessa nova estreia na cultura pop, já que o clássico filme representou um marco no cinema.

Formas inovadoras de captação de imagem, a consagração de Tom Cruise, impacto na moda, uma música que marcou gerações, indicações ao Oscar e muito mais. Esse foi o saldo quando “Top Gun” estreou nos cinemas americanos no dia 16 de maio de 1986. O filme, lançado pela Paramount Pictures, teve um orçamento de 15 milhões de dólares e faturou 357 milhões em bilheteria. Insano! Confira agora o trailer de “Top Gun: Maverick”, que estreia no Brasil com sessões especiais a partir de 21 de maio, e veja logo a seguir como o primeiro filme se tornou um clássico!

O filme lançou um clássico da música

Você com certeza ouviu esse sucesso enorme que toca até hoje nas rádios e é usado para ilustrar diversos momentos românticos na internet ou outras produções. Sabe “Take My Breath Away” da banda Berlin? Pois bem, a música foi criada para a trilha sonora de “Top Gun”! A canção foi escrita por Giorgio Moroder (icônico produtor musical responsável por “I Feel Love” da Donna Summer) e Tom Whitlock. O sucesso foi tanto que rendeu ao filme o Oscar de Melhor Canção Original em 1987 e vários topos de paradas musicais pelo mundo inteiro, incluindo o Hot 100 da Billboard! No Brasil, “Take My Breath Away” foi a segunda música mais tocada do ano em 1986.

Não é à toa que “Top Gun: Maverick” quer trazer de volta essa herança musical e logo lançou “Hold My Hand” da Lady Gaga como canção original do filme. Além disso, ainda temos “I Ain’t Worried” do OneRepublic fazendo parte da trilha. A gente ama porque lá atrás era muito comum filmes emplacarem hits musicais e igual ao retorno da franquia, também estamos sendo levados à essa época quando o assunto é música.

Um marco na carreira de Tom Cruise

Dá para acreditar que Tom Cruise já tem 40 anos de carreira? A primeira produção em que o ator está creditado é “Endless Love” de 1981, porém foram necessários dois anos até que o ator tivesse o seu primeiro grande momento em Hollywood: estrelando “Negócio Arriscado”, quando ele começou a ser visto como um dos atores jovens do momento.

Porém, três anos e dois filmes depois, chegamos em 1986 com “Top Gun”. Ele não só foi o filme de maior bilheteria estrelado pelo ator até então, mas colocou Tom Cruise no mapa dos grandes atores de Hollywood quando o assunto é grandes produções e filmes de ação. Ele tinha apenas 24 anos quando fez o papel de Maverick e agora ele retorna como o personagem aos 59 anos.

“Top Gun” impactou tanto a vida do ator que ele até tirou uma licença para pilotar aeronaves em 1994 e com certeza preparou o campo para outros clássicos que viriam, como “Missão: Impossível”.

Uma nova forma de se gravar um filme

O clássico “Top Gun” até hoje tem sequências gravadas no ar que são bem desafiadoras. Imagina lá atrás em 1986? Na época, as sequências feitas para captar as aeronaves revolucionaram o uso de câmeras graças a uma decisão do diretor Tony Scott: instalar câmera dentro e fora de aviões. Tudo tecnologia de ponta, viu?

Quando “Top Gun” completou 30 anos, uma versão remasterizada foi lançada com vários bônus. Entre eles, Tom Cruise falando justamente sobre a captação revolucionária: “Estávamos usando tecnologia de ponta ao extremos. Naquela época, não existia GoPros, eles desenvolveram apoios de câmera e lentes para isso” (via USA Today)

Com “Top Gun: Maverick” não será diferente. Segundo o site YM Cinema, o novo filme também fará algo inédito: gravações com câmera 4K dentro da cabine das aeronaves. Ou seja, vai ser perfeito para ver na maior tela de cinema que você encontrar!

Impacto na moda

O cinema e a televisão sempre lançam tendências na moda. Aqui no Brasil a gente ainda tem o forte impacto das novelas. O look preto de “Matrix”, o visual da Uma Thurman em “Pulp Fiction”, o icônico visual de Audrey Hepburn em “Bonequinha de Luxo” são alguns exemplos. Agora, em “Top Gun”, sabe qual foi a tendência lançada? O óculos aviador da Ray-ban! Muito comum entre os militares, o modelo ficou imensamente popular depois de usado por Tom Cruise. Além disso, os trajes do ator para o filme também ditaram tendência.

Curiosamente, não é a primeira vez que Tom Cruise lança tendências do tipo. Em 1982, ele popularizou o modelo Wayfarer, também da Ray-Ban, por conta do filme “Negócio Arriscado”

Chuva de alistamento na marinha americana

O impacto de “Top Gun” não foi apenas na cultura pop, no cinema e na moda, mas também num aspecto bem específico nos Estados Unidos. Em 1986, quando o filme foi lançado, a marinha americana teve um aumento de 500% na taxa de recrutamento. Todo mundo queria ser o Maverick quando saiu da sala de cinema.

Além disso, em 2020, Tom Cruise e o produtor Jerry Bruckheimer foram certificados como Aviadores Navais Honorários, um prêmio pelo impacto que o ator e o filme tiveram na marinha americana e pelo esforço que ambos tiveram para fazer da experiência de “Top Gun” a mais autêntica possível. Tom Cruise é o único ator na história a receber o prêmio

Sentiu o impacto? “Top Gun” pode ser assistido via streaming no Telecine e Star+, além do aluguel nas principais plataformas digitais. Já “Top Gun: Maverick” estreia nos cinemas brasileiros com sessões especiais a partir de 21 de maio! A pré-venda de ingressos já está disponível!

Comentários

Topo