Menu Papel POP
Foto: Pedro Barros/Divulgação

Em “HER MIND”, novo EP, Urias quer dançar e abrir o jogo sobre questões existenciais

MAIS SOBRE:

Urias tem sonhado alto. Após a estreia do álbum “FÚRIA“, que contou com uma superprodução musical e estética, a artista lança nesta terça-feira (24) um novo projeto. Trata-se de “HER MIND“, uma nova compilação de músicas que refletem o atual e desafiador momento da carreira.

Confirmada como atração de abertura da turnê europeia da amiga Pabllo Vittar, antes de cair nas garras do público ela procura se voltar para dentro de si mesma, encontrando aí os temas necessários para as discussões que gostaria de evocar. E isso, vale dizer, independe do idioma. Agora, ela canta em inglês, espanhol e português.

Nesta entrevista feita por e-mail, Urias dá detalhes dos bastidores. Ela fala sobre dedicação, descobertas e revela o por que de seu interesse constante em explorar questões internas.

***

Papelpop: Já que o EP se chama “HER MIND”… O que se passa na sua cabeça agora, ao observar esse exato momento da carreira?

Urias: Eu tô entendendo ainda o que é e como é ser eu, essa nova eu, que eu jamais sonharia em ser se não tivesse me tornado, como artista e como mulher. Sinto que a possibilidade de sonhar muda realmente a vida de uma pessoa e estou provando uma felicidade muito peculiar.

A turnê com Pabllo Vittar deve significar bastante pra você, visto que ambas começaram suas trajetórias juntas. Qual é o sentimento hoje, ao perceber o que vocês têm conquistado?

O sentimento de surpresa nunca vai me deixar, eu acho. A gente sonhava muito alto, e hoje estamos realizando sonhos que nem foram sonhados ainda. É uma loucura.

A masterização do seu novo EP ficou a cargo do Chris Gehringer, responsável pelo “Future Nostalgia”, da Dua Lipa”, e do “Loud”, da Rihanna, entre outros super projetos. É uma realização?

Olha, com certeza, é uma realização. Uma honra pra mim! Espero que tenha sido bom pra ele e que ele tenha gostado de fazer parte.

Você também disse querer explorar a latinidade em seus próximos lançamentos. Como você tem se preparado para mergulhar nos novos ritmos?

Tenho tentado misturar o meu som com sonoridades características do nosso país, apesar do projeto estar sendo feito pensado em atingir o público de fora. O que eu quero é que saibam que o som é do Brasil, mas também que entendam que quando se trata do Brasil as possibilidades são infinitas.

Foto: Pedro Barros/Divulgação

Foto: Pedro Barros/Divulgação

Por falar em pautas internacionais… estão previstas faixas em inglês e espanhol. Tem feito aulas de idiomas? Diria que o mais desafiador nessa nova rotina é a tentativa de conectar com outros públicos?

Já fiz aulas de espanhol durante a pandemia, ainda não sou muito boa no idioma, e tenho formação em inglês desde nova, sempre tive mais facilidade com línguas, academicamente falando, então é divertido pra mim. Mas o grande desafio mesmo é me conectar com o público lá fora, não é como no Brasil, muita coisa já foi feita e se destacar é pra poucas no internacional, mas tô me jogando sem medo, vamo vê no que dá.

A estética de “HER MIND” promete divergir um pouco do efeito P&B usado no visual de “FÚRIA”. Pode adiantar algumas coisas nesse sentido?

Agora estou vindo muito colorida, com cores específicas pra me ajudar a contar a história que vou construindo nessa primeira parte e nas outras, cores que foram escolhidas juntas por um motivo específico.

Você parece mais do que nunca motivada a mergulhar em questões existenciais nos seus últimos projetos. Por que esse interesse? É importante que estejamos sempre nos questionando a respeito de questões internas?

Eu quero realmente contar uma história de uma perspectiva de uma pessoa como eu, quero que entendam que a minha existência é complexa, que sou uma pessoa completa. Muitas dos meus “mergulhos existenciais” já são certezas pra mim, vários já são questões findadas, eu as apresento pro mundo pra entenderem que também penso sobre isso, também penso sobre a vida, também penso no geral.

***

“HER MIND”, o novo EP de Urias, está disponível em todas as plataformas digitais.

Comentários

Topo