Menu Papel POP

6 vezes em que as nossas divas deram um basta nos padrões de beleza

Um movimento atual e muito necessário na cultura pop que está acontecendo é a discussão sobre padrões estéticos. Muitas celebridades têm falado abertamente sobre o assunto e várias estão tentando, ativamente, quebrar as normas sobre como cuidar do próprio corpo e como devem viver suas vidas. É sobre isso que queremos falar e aplaudir hoje!

Para tomar de volta o controle das próprias vontades, várias das nossas queens começaram a enxergar um maior valor em peles reais, voltar atrás com os procedimentos estéticos, mostrar estrias e celulites, deixar seus cabelos grisalhos, postar fotos sem tratamentos no photoshop, entre muitas outras atitudes que abraçam seus mais diversos tipos de corpos e estilos de vida. Neste post, listamos 6 vezes em que as nossas divas deram bananas para a sociedade e acabaram com os padrões de beleza. Acabou pra você, padrão!

Este é o primeiro de vários especiais que preparamos ao lado de Eucerin! A marca de dermocosméticos com mais de 100 anos no mercado, está com a gente na missão de promover a autoaceitação e abraçar a beleza que já temos e é nossa com a campanha #FiltroPraQuê!

Conheça a linha Dermopure Oil Control especialmente desenvolvida para peles oleosas e com tendência à acne e descubra a maravilha que é cuidar da nossa pele!

 

Bella Thorne

Nos holofotes desde muito jovem, a atriz Bella Thorne precisou aprender cedo como lidar com as questões de saúde da pele. Ela sempre costuma falar abertamente sobre o assunto, principalmente quando o tópico é a acne.

No Instagram, Thorne chegou a desabafar: “Todo mundo tem acne! Não é segredo que eu lido com acne, às vezes é aparente, às vezes não. A sociedade nos diz que precisamos ter a pele perfeita, mas eu vou mostrar a minha pele, não importa o que os outros vão dizer”.

Recentemente, ela chegou a mostrar alguns tratamentos que faz e disse: “Orgulhosa da minha pele e do quão longe chegamos”.

 

Saoirse Ronan em “Lady Bird”

“Lady Bird” é um filme de 2017 estrelado por Saoirse Ronan e dirigido por Greta Gerwig que chamou a atenção na temporada de premiações da época por retratar de forma tão fiel como é passar pela adolescência, já  próximo à fase adulta. Tão fiel que a atriz assumiu a própria acne, sem maquiagens, para mostrar as transformações no corpo de alguém na época da puberdade.

“Eu apenas senti que era uma grande oportunidade de mostrar às pessoas como elas realmente são nessa idade. Porque a maioria dos jovens fica com a pele ruim! E não acho que isso seja algo que vemos muito nos filmes. Crescendo, muitas das adolescentes que vi em filmes e programas de TV foram interpretadas por essas garotas de 30 anos com a pele totalmente ótima”, disse a atriz ao site Racked.

(Foto: Reprodução)

Inclusive, se você nunca assistiu “Lady Bird”, fica de recomendação! Além de falar sobre pele e transformações do corpo, o filme é um ótimo retrato de como nossa mente pode ser um caos enquanto nossa personalidade e nosso emocional se transforma enquanto nossa maturidade passa por novos processos na época da puberdade. Ninguém está sozinha nessa!

 

Courteney Cox

Em recente entrevista ao The Sunday Times, a atriz Courteney Cox revelou se arrepender dos procedimentos estéticos que fez para parecer mais jovem. Ela afirmou que, ao se perceber mais velha, passou a realizar procedimentos que a deixaram com “uma aparência muito estranha”. “Estava fazendo coisas no meu rosto que eu jamais faria hoje em dia”, disse.

(Foto: Reprodução/Instagram)

Em 2017, a estrela de “Friends” chegou a tirar todos os preenchimentos que colocou no rosto. “Eu tive que aprender a abraçar o movimento e perceber que os preenchimentos não são meus amigos”, explicou Cox.

 

Anitta

Inovadora e revolucionária sim!! Quando Anitta lançou “Vai, Malandra”, lá em 2017, o sucesso não se deu apenas porque a música é boa, mas por uma das mensagens passadas logo no início do videoclipe.

Gravado na comunidade do Vidigal, no Rio de Janeiro, a produção traz a artista em momentos super icônicos. Ela vai se bronzear, dança na laje, sobe na garupa de uma moto… tudo isso sem o tratamento de imagens.

Naquele momento, a Girl from Rio deu uma linda reforçada no discurso: ter celulite é normal! Até porque ser sexy é se sentir confortável na própria pele, né? Arrasou demais!

 

Zendaya

Sempre disposta a passar mensagens de autoaceitação e empoderamento, Zendaya não ficou nada feliz com o resultado do tratamento de imagens que recebeu em um ensaio fotográfico para uma revista.

Em outubro de 2015, ela foi capa da Modeliste e, ao ver as imagens, usou o Instagram para falar sobre o descontentamento.

Na legenda da publicação, ela disse que “são essas coisas” que deixam as mulheres inseguras.

“Uma nova sessão de fotos saiu hoje e eu fiquei chocada quando vi que o meu quadril e meu tronco de 19 anos haviam sido modificados. São essas coisas que deixam as mulheres inseguras, que criam os ideais de beleza irreais que temos. Qualquer pessoa que me conhece sabe que eu defendo o amor próprio honesto e puro. Então, eu decidi mostrar a foto real (lado direito) e eu amei ela”

 

Lupita Nyong’o

Ainda sobre editoriais de revista e seus processos de tratamento de imagens, a atriz Lupita Nyong’o, em 2017, teve a mesma atitude de Zendaya. Capa da britânica Grazia, ela criticou o veículo por ter alterado seu cabelo na foto que saiu na edição.

“Decepcionada que a Grazia editou e alisou meu cabelo para se adequar a uma noção mais eurocêntrica de como um cabelo lindo se parece”, escreveu ela, nas redes sociais.

“Como já deixei claro com tanta frequência no passado, abraço minha herança natural com todas as fibras do meu ser e, apesar de ter crescido pensando que uma pele clara e cabelos sedosos eram padrão, agora sei que minha pele escura, assim como os meus cabelos crespos, são lindos. Estampar a capa de uma revista me satisfaz, pois é uma oportunidade de mostrar a outras pessoas negras – principalmente às nossas crianças – também com cabelos crespos e volumosos, que elas são lindas do jeito que são”

 

******

Perfeitas! A gente torce para que cada vez mais as atrizes, cantoras e personalidades da mídia se pronunciem sobre o assunto! Cuidar da própria pele é um ato de amor próprio que todo mundo pode fazer, então porque não mostrar que podemos ter imperfeições, certo? Eucerin se preocupa também em multiplicar essa mensagem para cada vez mais pessoas, tornar a relação das pessoas com a pele mais saudável faz parte da missão da marca que se mostra uma bela opção para estar ao nosso lado na hora do relaxante skin care. A campanha #FiltroPraQuê mostra que, com autocuidado, a gente não precisa de edição! Eucerin acredita em peles reais e em transformações possíveis! Seu cuidado ideal para cravos, espinhas e marcas escuras de acne chegou.

Clique aqui e conheça a linha Dermopure Oil Control e descubra o cuidado dermatológico transformador de Eucerin.

Comentários

Topo