Menu Papel POP
Foto: Divulgação

“Love, Victor” ficará disponível no catálogo norte-americano do Disney+

Criada originalmente para o Disney+, “Love, Victor” estreou no Hulu por se tratar de um romance homoafetivo. A série também aborda temas como sexualidade e uso de álcool na adolescência, algo que preocupou os executivos na época do lançamento. As informações são da Variety

Agora, a terceira e última temporada, que chega em 15 de junho deste ano, será disponibilizada simultaneamente nas duas plataformas, junto aos episódios anteriores. 

“Estamos orgulhosos de ‘Love, Victor’ e empolgados em trazê-la para o maior público possível em 15 de junho, disponibilizando a série completa no Disney+ e no Hulu para celebrar a temporada final e o mês do orgulho LGBTQIA+”, disse Joe Earley, presidente do Hulu, em nota. Ele explica que, além de dar mais visibilidade à produção, a ação também dará aos assinantes a oportunidade de ter mais conteúdo disponível nos serviços. 

“Love, Victor” se passa no mesmo universo do filme “Love, Simon” (2018), que por sua vez é baseado no livro “Simon vs. A Agenda do Homo Sapiens”, escrito por Becky Albertalli. O seriado acompanha a jornada de autodescoberta de Victor (Michael Cimino), aluno novo da Creekwood High School, enquanto enfrenta desafios com sua família e tenta lidar com sua orientação sexual. 

Além de Cimino, o elenco principal é composto por Rachel Hilson, Anthony Turpel, Bebe Wood, Mason Gooding, George Sear, Isabella Ferreira, Mateo Fernandez, James Martinez e Ana Ortiz. Nick Robinson, o protagonista de “Love, Simon”, é o narrador e produtor da série, aparecendo como Simon Spier em dois episódios. 

No Brasil, as duas temporadas estão disponíveis no Star+. Por enquanto, ainda não se sabe se a obra também ficará disponível no Disney+ por aqui. Vamos aguardar!

Comentários

Topo