Menu Papel POP
Reprodução

Aos 18 anos, Millie Bobby Brown reflete sobre sexualização em Hollywood

Em entrevista ao podcast The Guilty Feminist, Millie Bobby Brown falou sobre o lado ruim de crescer sob os holofotes. A atriz citou uma mudança “nojenta” nos comentários de suas redes sociais após seu aniversário de 18 anos, em fevereiro.

“Eu lido com as mesmas coisas com as quais qualquer jovem de 18 anos está lidando: ser adulta e ter relacionamentos e amizades, todas essas coisas. Ser amado e tentar se encaixar é demais, e você está tentando se encontrar enquanto faz isso. A única diferença é que, obviamente, estou fazendo isso aos olhos do público”, disse ela à apresentadora Deborah Frances-White e à atriz e escritora Susan Wokoma, que também participou do programa como convidada.

Brown falou sobre como a maioridade pode ser “esmagadora” e que é perceptível a forma como as pessoas e a mídia reagiram ao seu amadurecimento. Contudo, ela disse acreditar que fazer 18 anos provavelmente não muda nada.

“Mas é nojento e é verdade. Acho que é apenas uma representação muito boa do que está acontecendo no mundo e como as meninas são sexualizadas”, refletiu. “Então eu tenho lidado com isso, tenho lidado com isso desde sempre.” 

Escute: 

Brown começou a atuar aos 9 anos, em “Once Upon A Time in Wonderland”, onde interpretou a jovem Alice em dois episódios. Hoje ela é mundialmente reconhecida pelo papel de Eleven em “Stranger Things“, da Netflix, que volta para a sua quarta temporada no próximo dia 27 de maio. 

Comentários

Topo