Menu Papel POP
Foto: Getty Images

Taylor Hawkins, baterista do grupo Foo Fighters, morre aos 50 anos

Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters, morreu, aos 50 anos, na última sexta-feira (25). De acordo com a emissora colombiana Caracol, ele foi encontrado sem vida em um hotel em Bogotá, onde todo o grupo estava hospedado para realizar um show.

O Foo Fighters utilizou as redes sociais para confirmar, com pesar, o falecimento de seu integrante. “A família Foo Fighters está devastada com a perda trágica e prematura de nosso amado Taylor Hawkins”, escreveram os norte-americanos.

“Seu espírito musical e seu riso contagiante viverão com todos nós para sempre. Nossos corações estão com sua esposa, filhos e familiares, e pedimos que a privacidade deles seja tratada com o maior respeito neste tempo inimaginavelmente difícil”.

Segundo a organização do festival Estéreo Picnic, onde Foo Fighters se apresentaria na sexta, a banda cancelou a turnê pela América do Sul após a perda do baterista. Os músicos eram headliners do Lollapalooza Brasil 2022 no domingo (27).

Também por meio das redes sociais, o Lolla emitiu um comunicado e lamentou a morte de Hawkins. “Não há palavras para descrever o que ele significou para nós e para todos os fãs de música ao redor do mundo”, escreveu a equipe do festival.

Nascido em 1972, no Texas (EUA), Taylor Hawkins foi baterista de Alanis Morissette na década de 1990 e depois entrou para o grupo Foo Fighters. O último show do músico foi no Lollapalooza Argentina, no Hipódromo de San Isidro, no domingo passado (20). A causa de sua morte ainda não foi revelada.

Comentários

Topo