Menu Papel POP
Foto: Reprodução/Globoplay

Madrugada no BBB tem briga generalizada e confrontos de Gustavo: “Quem deitou comigo não me protegeu”

Clima tenso entre os brothers. Após a formação do 7º paredão do BBB, Gustavo, Natália e Eliezer deram início a uma confusão sobre votos. Salvo na prova bate-volta, o brother questionou Natália dizendo que havia confiado em sua palavra.

Eliezer, que estava próximo e escutou a acusação, decidiu rebatê-lo. “Não adianta ameaçar ela por causa de voto. Você acabou de ameaçar ela, você sabe o que faz por causa de um voto. O voto é dela e não seu”.

Gustavo, não gostando do que ouviu, pediu que o brother calasse a boca, ao passo que Natália tentou se justificar.

“Ele [Gustavo] não está errado, ele está certo. Não foi uma ameaça em momento nenhum”, disse. “Calma, eu entendo você. Agora é minha vez de falar. Eu realmente falei com você, realmente eu não queria, foi com muito pesar, mas para mim ser neutra, eu não podia ser. Eu quero ser imparcial nessa votação, só que eu ser imparcial, é eu dar o meu direito para outras pessoas”.

A discussão, no entanto, prosseguiu com frases que repercutiram aqui fora.

Natália: “Outra coisa: são duas pessoas que eu gosto muito, eu falei com ele isso e falo com você e falo com quem quiser escutar. É a mesma coisa que tu, está eu e Laís e gosta muito de mim, está eu e Laís no fogo. Quem que tu vai me proteger? É muito óbvio”.

Gustavo: “Não é tão óbvio assim, porque a pessoa que deita comigo não me protegeu. Você aqui dentro com o Eli protegeu ele, mesmo falando que não votaria em mim (…) Ele pagou de casalzinho pra você na última noite e você caiu”.

Eli: “Não coloca palavras na minha boca!”.

Comentários

Topo