Menu Papel POP
Foto: Divulgação/Sony Music

Goyo estreia disco solo com releitura pop de “Antología”, clássico da conterrânea Shakira

Estrela do pop colombiano, a cantora Goyo liberou nas plataformas digitais nesta sexta-feira (4) o disco “En Letra de Oro”. As 10 faixas que integram o projeto formam parte de seu primeiro trabalho solo – o que, em outras linhas, assume um significado muito maior do que as especulações falhas de que ela deixará o grupo ChocQuibTown.

A obra, conforme foi apresentada, é na verdade um desejo antigo de se aprofundar em um discurso que já vinha sendo trabalhado desde seu debut com os colegas de banda, em 2013. No single de estreia, “Na Na Na”, ela se dedica, por exemplo, a exaltar suas origens afro-colombianas e a contar uma história de liberdade em que a protagonista toma decisões com autonomia em se tratando de amor.

Há no disco um desejo de se fazer dançante até mesmo em baladas como “Antología”. Sim, Goyo resgata 26 anos depois a canção romântica que tornou Shakira e o álbum “Pies Descalzos” conhecidos em toda a América Latina. A diferença agora é que essa paixão adolescente ganha contornos inéditos e uma sonoridade mais moderna, que faz a intérprete voltar no tempo e assumir as delícias de cantar um repertório formador.

Entram ainda nesta jornada regravações dos sucessos “Pa’ Mayte”, eternizado na voz de Carlos Vives, e “Otra Noche”. Esta última, um hino da canção popular colombiana que ganhou vida e projeção a partir do rei da salsa, Joe Arroyo.

Para ouvir sem parar: “Oye Mi Ritmo”, “Pa’ Mayte”, “Na Na Na” e “Antología”.

“En Letra de Oro” chega acompanhado de um documentário exclusivo da HBO Max Latinoamerica, já disponível.

Comentários

Topo