Menu Papel POP
Foto: Reprodução

Jamie Lynn chora ao falar de Britney Spears em entrevista, “Sempre fui a maior apoiadora da minha irmã”

Em uma entrevista ao “Good Morning America”, transmitida na manhã desta quarta-feira (12), Jamie Lynn Spears se abriu sobre a relação com a irmã, Britney Spears, e falou sobre o fim da tutela, que limitou a liberdade da artista por treze anos.

Na conversa, a atriz explicou que tinha apenas dezessete anos e estava grávida de seu primeiro filho quando a tutela foi aplicada, em 2008, e que naquele momento estava centrada na maternidade, deixando de lado a situação legal da irmã. Ela ainda afirma que tentou ajudar a voz de “Toxic” a encerrar a tutela. “Não tomei nenhuma medida para fazer parte disso”, revelou.

“Sempre fui a maior apoiadora da minha irmã”, disse. “Quando ela precisava de ajuda, eu criava maneiras de fazê-lo. Saí do meu caminho para garantir que ela tivesse os contatos de que precisava para terminar essa tutela e acabar com tudo isso para nossa família. Se isso vai causar tanto discórdia, por que continuar?”, completou.

A artista afirmou que, anteriormente, conversou com a antiga equipe jurídica de Britney, mas disse que a conversa “não terminou bem”,  sem compartilhar mais detalhes. Confira o trecho:

“Eu amo minha irmã”, ela continua enquanto chora. “Eu só a amei e a apoiei e fiz o que é certo por ela, e ela sabe disso, então não sei por que estamos nessa posição agora”, finaliza.

Sob curatela desde 2008, Britney Spears ganhou liberdade no dia 12 de novembro do último ano. No entanto, segundo o The New York Times, os advogados de Britney entrarão com um processo para reivindicar o uso indevido de sua fortuna pela família e equipe ao longo dos anos.

Comentários

Topo